artistas

Artistas da música reagem à morte de vereadora do RJ

15 de março de 2018, 15h48, por Alexandre Murari
Divulgação

Marielle Franco, vereadora pelo PSOL e integrante da comissão da verdade que analisa a atuação do exército na intervenção federal que está em curso no Rio de Janeiro, foi morta a tiros na noite desta quarta-feira, 15, no centro da cidade do Rio de Janeiro, quando voltava para a sua casa. O seu motorista Anderson Pedro Gomes também foi morto.

→ Ao lado da filha, mãe de Anitta grava voz de nova canção

→ Snapchat se desculpa por piada sobre violência doméstica

Crítica da atuação policial nas favelas da capital carioca, Marielle recebeu várias homenagens de artistas da música após a sua morte. "Descanse em paz, guerreira. (E assim nossas esperanças se despedaçam a cada dia que passa, muito triste)", escreveu o rapper Emicida no Twitter.

A cantora Elza Soares publicou uma foto de Marielle e convocou: "Mulher, negra, ativista, defensora dos direitos humanos. Marielle Franco, sua voz ecoará em nós. Gritemos!".

Caetano Veloso compartilhou um vídeo em que canta a música Estou Triste, composição do álbum Abraçaço (2012). Na legenda da postagem, utilizou a hashtag “Luto por Marielle” e mencionou o 342 Artes, movimento de defesa da liberdade de expressão.

Daniela Mercury mandou uma mensagem de esperança: "O amor será sempre a forma de luta dos fortes. Estamos chorando sua morte e nos conectando com seu amor pela vida”.

Comentários