artistas

Anitta fala sobre polêmica da contratação dos shows sertanejos milionários

06 de junho de 2022, 11h12, por Amanda Ramalho

Depois de alguns dias fora, inclusive para conhecer sua estátua de cera que está no Museu Madame Tussauds, Anitta desembarcou no Rio de Janeiro, no último final de semana.

Claro, que um dos temas de qualquer entrevista que a cantora passaria será a polêmica contratação dos shows sertanejos e seus cachês milionários.

O programa global "Fantástico" de ontem à noite, dia 5, anunciou que a cantora daria uma declaração sobre o assunto, o que gerou muita expectativa - até porque foi por causa do "tororó" dela que o babado começou.

Na entrevista, Anitta comentou que já recebeu proposta de desvio de verbas.

"Claro que já. Eu, você, todos nós, já tivemos pessoas oferecendo a gente propostas que não são éticas, entendeu? E vai de cada um, da escolha de cada pessoa, concordar ou não com cada proposta que é feita (...) Verba de entretenimento é importante, sim. Eu já fiz shows de prefeituras, claro, com valores justificáveis. Existem, sim, cidades que nunca tiveram oportunidade de ver um show, de ter acesso a certas coisas e é importante a verba do entretenimento usada de maneira justa. Cada caso é um caso e deve ser estudada a maneira que foi", comentou.

Através das redes sociais também, a cantora reforçou seu posicionamento sobre os valores de shows.

"Eu não falei nada demais. Minha entrevista foi sobre o lançamento da minha estátua no Museu de Cera de Nova Iorque, esse é o assunto principal da entrevista. Em um momento eu fui perguntada sobre isso, eu respondi com sinceridade", disse Anitta.

A voz de "Versions of Me", declarou que ela só deu seu ponto de vista sobre porque foi perguntada, já que o tema central da entrevista era o lançamento da sua estátua.

"Não estava nem naquela órbita naquele momento, mas o que eu quero falar é que eu não quero criar polêmica com esse assunto. Não tenho nada contra os sertanejos, não acho que tenha que ser criada 'CPI contra sertanejo', acho que têm que ser criada mais investigações contra corrupção, em geral, no nosso país".

"Não acho que temos que generalizar porque existem pessoas de bem e pessoas de mal em todas as profissões e ritmos. Então, assim, tenho amigos sertanejos, já cantei sertanejo, respeito o ritmo e a sua história".

Fique por dentro de tudo o que acontece no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!

Ouvir músicas da Anitta

Comentários