Revista "IstoÉ" chama Pabllo Vittar de "a voz da resistência"

30 de novembro de 2018, 11h56, por Amanda Ramalho
Divulgação

O ano de 2018 está quase na reta final, mas ainda promete dias de glória para Pabllo Vittar.

Depois de receber grandes elogios da revista americana "Vogue", agora a artista foi destaque na publicação da "IstoÉ", que chegou às bancas hoje, 30.

No conteúdo, foi colocado em evidência a luta da drag queen mais famosa do Brasil, nos últimos tempos.

"A voz da resistência. Após superar seus ídolos e se tornar uma estrela internacional, Pabllo Vittar usa o espaço que conquistou para defender o público LGBTQ do preconceito".

- Azealia Banks não admite abrir show para Pabllo Vittar!

Aos 24 anos, a cantora maranhense teve um crescimento significado e relevante. Com mais de 7 milhões de seguidores no Instagram, Pabllo superou RuPaul, sua grande inspiração.

"Sua transformação em estrela pop e ícone midiático aconteceu ao mesmo tempo em que o preconceito direcionado a membros da comunidade LGBTQ, em sua avaliação, ficou mais forte. Pabllo se tornou a voz do que chama de 'resistência'", descreveu a "IstoÉ".

A revista também relembrou frases marcantes que a artista concedeu a outras publicações. Confira algumas:

"Ser uma artista LGBTQ no Brasil é incrível. Mas tenho que matar um leão por dia. Passei por muitas situações complicadas, mas sou grata porque elas me tornaram uma pessoa mais forte e confiante", disse ela à "Vogue" EUA.

"Não é suficiente amar outras culturas e ignorar a sua", contou ao site “Remezcla”.

"Meu trabalho é divertido, mas saber que minha música pode mudar vidas é a melhor parte", falou a "Vogue".

Vale lembrar que a drag está no mercado da música há 3 anos.

Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários