Azealia Banks não admite abrir show para Pabllo Vittar!

28 de novembro de 2018, 15h08, por Vanessa Vezenfati
DivulgaçãoAzealia Banks

Afrontosa ela! Azealia Banks, está uma arara, com os organizadores do festival Pisa Menos, que aconteceu em Fortaleza, nesse mês.

Ela não gostou nada de ter que abrir o evento para Pabllo Vittar, sendo que ela seria a atração principal.

Depois de explicar a uma fã os motivos, hoje, 28, ela continuou em desabafo no Twitter e disse que "NUNCA MAIS" voltará ao Brasil!

Divulgação

"7 milhões de fãs no Brasil literalmente não significam nada na grande indústria [fonográfica]. É considerado um mercado 'B-C'. Não um mercado 'A'. EU NÃO FAÇO AS REGRAS. Azealia Banks é uma figura icônica na cultura feminina, gay e fashion INTERNACIONAL, e vocês vão respeitá-la ou não a terão. Eu não perco nada em nunca mais voltar ao Brasil. E acredite em mim – a forma como vocês me incomodam… eu NUNCA MAIS voltarei ao Brasil. Nem mesmo para passar férias. Boa viagem. Estou farta dos gays brasileiros me xingando com inglês ruim e me implorando por sabonetes e ingressos de graça. Tentei dar o meu melhor, mas vocês se viraram contra mim por nada. CANSEI", comentou ela.

Ela acusa ter sido vítima de um golpe por usarem seu nome para impulsionar a carreira de Pabllo Vittar.

A cantora chegou a publicar em seu stories do Instagram, o que parece ser o contrato, no qual mostra que ela seria 100% headline do evento. "É por isso que não quis me apresentar em Fortaleza, agora, se todos pudessem gentilmente calar a boca, eu agradeceria", escreveu a cantora.

Divulgação

Ela fez questão de informar que não tem nada contra a Pabllo Vittar: "O produtor me disse que era o meu show. Quando eu apareci, era o show dela [de Pabllo Vittar]. Eu não tenho nada contra ela, mas eu não vou abrir para uma pessoa da qual sinto que sou mais poderosa", desabafou.

Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários