Pabllo Vittar fala sobre invasão: "LGBTfobia existe, sim!"

29 de agosto de 2017, 13h55, por Alexandre Murari
Divulgação

Após ter o seu canal do Youtube invadido e o seu clipe com mais acesso excluído, Pabllo Vittar foi ao Twitter e falou sobre o ocorrido. Vittar, que recuperou os vídeos excluídos, comentou o caso dizendo que o preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros existe, sim.

→ Hackers postam foto de Bieber nu em perfil de Selena

→ Show que reúne nomes da MPB ganhará DVD ao vivo

"LGBTfobia existe, sim!", escreveu a cantora, que aproveitou para agradecer os fãs: "Obrigada pelo apoio vittarlovers, vocês são demais! Dá para sentir o amor e a energia boa que vocês me mandam. Todos com Pabllo Vittar".

→ Chester Bennington e Chris Cornell foram homenageados no VMA

Fora o post, Pabllo também compartilhou uma imagem que traz a sua gravadora, a Sony Music, respondendo um seguidor que criticou o trabalho da drag queen:

Divulgação

Comentários