Músicas - Escolha Seu Artista

Morre, aos 96 anos, a Grande Dama do Samba, Dona Ivone Lara

17 de abril de 2018, 11h24, por Alexandre Murari
Divulgação

Após ficar três dias internada no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na Zona Sul da cidade, a Grande Dama do Samba, a cantora Dona Ivone Lara, morreu na noite desta segunda-feira, 16, aos 96 anos, por conta do agravamento de um quadro de insuficiência cardiorrespiratória. O corpo de Dona Ivone Lara será velado nesta terça (17) na quadra da escola de samba Império Serrano.

→ Psicodella divide palco com Sepultura e Raimundos

→ Cantora que venceu Eurovision revela ser soropositiva

De acordo com G1, Dona Ivone Lara já vinha sofrendo de um quadro de anemia e precisou receber doações de sangue. A saúde dela já era considerada bastante grave. No hospital, a família comentou a morte da sambista.

"Ela estava sempre procurando um caderninho pra escrever uma música, estava sempre cantarolando pro neto. Até a última semana ela estava super bem, com a cabeça ótima. Ela estava muito fraquinha, mas a cabeça estava ótima", contou a nora Eliana Lara Martins da Costa.

Dona Ivone Lara nasceu em família de amantes da música popular e enfrentou o machismo por ser mulher e sambista. Seu maior sucesso é “Sonho meu”, música que estourou nas paradas de sucesso com Maria Bethânia e Gal Costa.

Comentários