Padre de Melo responde a críticas por polêmica religiosa

10 de maio de 2018, 16h09, por Alexandre Murari
Divulgação

"O senhor deve saber melhor que eu que Jesus Cristo pregava o amor. Logo o respeito vem como consequência disso" e "a maldade não tem religião, desnecessário a ironia usada", foram algumas das frases usadas por internautas que repreenderam o padre Fábio de Melo por declaração polêmica feita em uma missa ao falar aos fiéis o que fazer com uma macumba.

→ 'Botaram um HIV no meu rosto', diz voz do Erasure

→ Plataforma de Jay-Z é acusada de manipular dados para Beyoncé

Por conta das críticas negativas, Fábio de Melo, nesta quinta-feira, 10, foi às redes sociais para se defender das acusações. Ele afirmou que sempre pregou o respeito à todas as religiões e que o candomblé fez parte de sua origem:

"Nunca quis ofender ou desmerecer quem quer que seja". Em outras mensagens, ele reforçou que não apoia a intolerância religiosa. "Somos irmãos e não me sinto melhor que ninguém. Se fui infeliz na forma como expressei o meu não crer, perdoem-me".

Comentários