Naldo culpa jornalista por morte de mãe: "Ele é tão sujo"

17 de julho de 2018, 10h22, por Alexandre Murari
Divulgação

Nesta terça-feira, 17, o funkeiro Naldo Benny foi ao Youtube para esclarecer e desabafar sobre uma perseguição que sofre do jornalista Leo Dias, do jornal "O Dia", que informou recentemente ter sido procurado por Naldo, ainda em 2012, para vender o seu silêncio e deixar de noticiar sobre o dono de “Amor de Chocolate”.

→ Membro do Locomía morre em Huelva, na Espanha

→ Morre Nancy Barbato Sinatra, 1ª mulher de Frank Sinatra

Logo no começo do vídeo, o funkeiro conta que "há anos esse cara me persegue, isso arruinou muito a minha imagem". Para Naldo, as notícias sobre ele não têm uma boa repercussão, pois "isso fez com que as pessoas ficassem com algo negativo sobre mim no subconsciente".

→ Beyoncé usa camisa da seleção francesa em Paris

O funkeiro também acredita que o câncer que a mãe dele sofria a levou a morte por culpa das notícias de Leo Dias. "Eu era o rei da minha mãe, que, sabendo o cara que eu sou, foi vendo as notícias tendenciosas dele e foi adoecendo, adoecendo, adoecendo".

Até mesmo o caso de agressão à Mulher Moranguinho, Ellen Cardoso, foi assunto no desabafo. Naldo conta que o jornalista disse para que ele colocasse a culpa da violência na própria esposa. "Ele é tão sujo, que sugeriu que eu dissesse que a culpa era da Ellen 'eu posso dizer que a Ellen foi pra cima de você, que ela que te bateu primeiro', pô eu falei cara, sou de verdade, eu errei", descreveu o funkeiro.

Comentários