Marcelo Yuka, ex-integrante d'O Rappa, segue internado

05 de janeiro de 2019, 12h45, por Amanda Ramalho
Divulgação

Um dos fundadores do grupo O Rappa, o ex-baterista Marcelo Yuka, de 53 anos, segue internado no Quinta D'or Hospital, no Rio de Janeiro, em estado grave.

O músico, que deixou a banda em 2000 após ficar paraplégico quando foi baleado durante um assalto, sofreu um AVC em agosto do ano passado e desde então estava com a saúde mais fragilizada.

Na tarde da última sexta-feira, dia 4, depois de uma postagem do produto do Planet Hemp, Marcello Lobatto dizendo que sentiria falta do amigo, diversos rumores se espalharam rapidamente na internet dizendo que Yuka havia falecido.

Horas depois o produtor fez outra postagem dizendo que estava enganado, que o ex-baterista estava internado em estado grave, mas que não havia morrido.

De acordo com o site G1, amigos próximos ao artista disseram que ele sofreu outro AVC na quarta, dia 2, e desenvolveu um quadro de infecção generalizada.

Autor de um dos grandes sucessos da banda, "Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)", Marcelo foi um dos fundadores d'O Rappa, no ano de 1993.

Comentários