artistas

Courtney Love denuncia maus momentos que viveu com Dave Grohl e Trent Reznor

14 de junho de 2021, 14h09, por Amanda Ramalho
Reprodução Instagram Courtney Love

Ao que tudo indica, Courtney Love está se livrando das dores do passado. Por muito anos, a cantora da banda Hole e ex-esposa de Kurt Cobain deixou de dizer muitas coisas, mas ao que parece, de acordo com uma publicação feita no Instagram, isso não vai mais acontecer.

Courtney denunciou algumas situações ruins que viveu com Dave Grohl, Foo Fighters, e Trent Reznor, do Nine Inch Nails.

A artista relembrou de alguns momentos de abusos pelas quais teve que passar, após ter sido acusada por tirar a vida de Kurt e de várias críticas destinadas a ela, vindas de dois músicos.

Os clipes que mencionam as acusações são "I'll Stick Around", do Foo Fighters, e "Starfuckers Inc.", do Nine Inch Nails.

Um dos trechos da música de Dave, seria direcionado a ela: "Como posso ser o único que vê sua insanidade ensaiada. Eu ainda recuso todos os métodos que você abusou (...) Eu não te devo nada / Eu vou continuar por aqui e aprender de tudo que veio disso".

Em sua biografia, Dave chegou a dizer que a música era sobre ela e que isso "não era nenhum segredo".

Em relação a música de Trent, do Nine Inch Nails, a faixa é sobre pessoas que buscam a fama a qualquer custo. Na ocasião o vídeo foi dirigido por Marilyn Manson (hoje acusado de vários abusos sexuais) e usa uma versão caricata e Courtney em situações humilhantes.

No Twitter foi publicado uma imagem em que mostra o texto de Courtney.

"Aqui estão alguns recibos de algumas mega agressões com as quais eu tive que lidar, me diminuir por, parar processos que estavam no meu direito por, ('nós não somos capachos' meu padrinho [de ajuda contra vícios] sempre cita pra mim) devido ao privilégio masculino em toda a sua toxicidade perversa. Quando a Sharon Stone foi perguntada sobre ter algum #MeToo, ela só riu. A gente só tem um né?

Eu tive o suficiente dessa [emoji de cocô] desses palhaços se apoiando em me ter como bode expiatório por respirar, pela morte do meu marido, pela minha sexualidade 'exagerada', porque eu sou uma viciada, etc., e uma MULHER, por mais de 27 anos.

3 meses antes de eu ir embora de LA, eu assinei um documento que efetivamente dá ao Dave [Grohl] (e ao Krist [Novoselic]) o dinheiro dos meus descendentes para sempre. Eu estava tão quebrada. Tão cheia de cicatrizes, tão exausta por conta dele, eu só assinei essa merda. Mas é uma mentira. Então eu estou retirando minha assinatura. Porque não faz sentido. O caos e a fúria sobre a morte do Kurt sendo direcionados a mim, desviados pelo Dave, enquanto ele enriqueceu e continua a se enriquecer, se empanturrando com a fortuna do Kurt e a boa vontade do Kurt. 27! Anos!!! Eu tive o suficiente. Chega de ser feita pequena. E ser 'forçada' a 'só deixar de lado' quando afeta todas as gerações dos meus descendentes. Cara mais legal do Rock? Não.

Em relação ao Reznor, Pelo menos? ELE é talentoso, mas ainda é nojento. Eu nunca vi tanto abuso sistêmico de crianças, garotas de até 12 anos, por parte dele e de sua equipe, nós todos (membros do Hole) testemunhamos isso. Então enquanto esses dois babacas não são meus #MeToo's porque eu estou guardando o meu único (porque nós só temos 1) eles chegam bem perto.

#váamerda Trent Reznor, Nine Inch Nails, Foo Fighters eu espero mesmo que o meu exemplo de não me calar perante eles, fazê-los parar, previna qualquer outra mulher (ou homem) desse nível de abuso pessoal e cultural que destrói almas no futuro. Sexualmente, espiritualmente, financeiramente.. #MeToo #Me3 #Me88 etc etc ad nauseam. [emojis de cocô e um emoji de mãos em oração] #abençoada? Sim de estar respirando por tempo suficiente para contar a história. Eu estou enfiando o máximo possível em cada música. Nam myoho renge kyo.'Nós não somos capachos'."

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!

Ouvir músicas do Hole

Comentários