artistas

Barretão 2016: confira a entrevista com Conrado e Aleksandro

19 de agosto de 2016, 14h52, por Alexandre Murari
Divulgação

Donos de hits como "Camionhete Inteira", "Abelhas" e "Só Se For Gelada", Conrado e Aleksandro, que estarão na noite desta sexta-feira, 19, do Barretão, em bate-papo com a redação da Kboing, abriram o coração e falaram sobre a importância do evento.

"É um sentimento especial tocar em Barretos. Ainda mais no mesmo dia de feras que a gente admira", crava a dupla que tocará no mesmo palco que Leonardo e Eduardo Costa, influências na carreira de Conrado e Aleksandro. Zé Felipe, Zé Ricardo e Thiago, Wesley Safadão e Israel Novaes também agitam a segunda noite do Barretão.

Mesmo com a responsabilidade de tocar ao lado dos ídolos, Conrado mantém a tranquilidade e se sente honrado por estar no elenco de artistas da maior festa de peão do Brasil:  

Divulgação

"Não tem pressão, mas sim muita alegria de dividir a noite de shows com artistas que a gente gosta. Nos sentimos em casa. É sempre bom tocar na Festa do Peão de Barretos, já que aqui a 'galera do chapéu' vem em peso de todo o Brasil".

Conquistar a "galera do chapéu", para a dupla, foi resultado de, além de muito trabalho, um passado que misturou a tradição ao atual momento da música sertaneja.

"A gente tem muito da vida no campo, que é um cotidiano que vivemos e gostamos. A vida na roça. Nosso som tem essa influência, junto à modernidade da galera universitária, como também fomos, que tem consumido música sertaneja e acabou dando uma cara mais jovem ao estilo." 

Por falar em estilo, quem acompanha o sertanejo sabe bem que se trata de uma construção que vem há décadas sendo feita. Matogrosso e Mathias, Zezé Di Camargo e Luciano, Rio Negro e Solimões e Milionário e Marciano, por exemplo, são nomes que contribuíram para essa história e que também estarão nesta edição da Festa do Peão, sobre isso, Aleksandro comenta:

"Subir no palco [do Barretão] é honrar o nome do sertanejo sempre. Aqui grandes nomes fizeram história e nos sentimos orgulhosos de fazer parte dessa história e honrados de dividir essa galeria de ídolos do sertanejo".

O ritmo se fez tão forte que, além de mexer com o público ouvinte, incentiva também novos nomes. Para os músicos e cantores que estão sendo conquistados pelo sertanejo universitário, Conrado aconselha que busquem inspiração na história da música:

"Acho que o artista jovem pode manter viva a raiz sertaneja através dos nossos grandes nomes. Eles foram ídolos para gente e continuam sendo referência para novos artistas, como Milionário e José Rico, Tião Carreiro e Pardinho."

Divulgação

E falando em inspiração, Conrado e Aleksandro acabam de lançar a canção "Hino dos Machos", que foi gravado em parceria com Rionegro Solimões. Sobre este single e futuros projetos, Aleksandro deixou o recado sobre o que há por vir:

"A novidade é a nova turnê, do DVD gravado em Curitiba. Sempre é uma surpresa o show de C&A já que é uma das duplas mais performáticas da atualidade. Chegamos também em Barretos com música nova."

Comentários