Aviões do Forró é investigado pela Polícia Federal

18 de outubro de 2016, 11h29, por Alexandre Murari
Divulgação

Associação ao crime, lavagem de capitais, falsidade ideológica e fraude tributária são os crimes em que o grupo cearense Aviões do Forró pode estar envolvido. Nesta terça-feira, 18, a Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram a Operação For All, que investiga a banda nordestina.

→ Ouça as 10 mais do Avião do Forró!

De acordo com o "Estadão", as investigações indicam que o grupo pode estar apresentando informações falsas em suas declarações de Imposto de Renda.

Segundo a publicação, não há presos na operação e, devido a não declaração da aquisição de veículos e imóveis, foram emitidos mandados de condução coercitiva aos cantores Xandy e Solange Almeida, que já tiveram seus sigilos fiscais quebrados pela investigação.

Ao total, estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão e 32 de condução coercitiva. Imóveis e veículos de pessoas ligadas a um grupo empresarial que atua no ramo do entretenimento também tiveram seus bloqueios decretados. 

Comentários