artistas

Austro valoriza produção feminina na campanha "La Femme"

31 de agosto de 2017, 16h32, por Alexandre Murari
Divulgação

A representatividade da mulher no universo da música eletrônica ainda é tímida. Segundo dados levantados recentemente, são poucas as mulheres DJs presentes no palco de grandes festivais e que têm o incentivo merecido para tocar e produzir profissionalmente.

→ Carol Dieckman canta em homenagem a Mallu Magalhães

E esse é o motivo de o Austro, selo da Som Livre que nasceu com o objetivo de valorizar o mercado da música eletrônica nacional, que agora assume a missão de incentivar e destacar o talento de mulheres brasileiras na produção do gênero. Para isso, o Austro lança "La Femme", campanha que vai selecionar e lançar faixas produzidas por mulheres.

→ Anitta atinge mais de 22 mi de seguidores no Insta

De acordo com o último IMS Business Report, estudo que avalia o crescimento da indústria ano a ano, apenas 17% de artistas femininas compõem o line up dos principais festivais de música eletrônica. Para Fernanda Bas, Gerente de Comunicação da Som Livre, a campanha vem justamente para estimular o engajamento das mulheres dentro do segmento.

→ Com nova formação, Barão Vermelho revive hit de Cazuza

"Queremos nos aproximar das produtoras brasileiras e estimular um maior engajamento feminino na música eletrônica. O objetivo é que o Austro se torne uma plataforma de apoio e divulgação para aquelas que buscam espaço. Desde sua criação, o selo está aberto a receber material de DJs e produtores brasileiros talentosos, independente do gênero. Mas enxergamos essa necessidade de incentivo à cena feminina e resolvemos atuar de forma direta por meio da La Femme", explica.

A La Femme terá algumas embaixadoras que são ativas na cena, como: Marian FLOW (do duo Flow & Zeo), Paula Miranda, gerente da Privilège, Melissa Piper e Grazi Largura, da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica), que é parceira na curadoria da campanha junto à equipe artística do Austro. Além delas, outros grandes nomes vão compor o time de embaixadoras da campanha.

As DJs e produtoras interessadas em participar da La Femme já podem enviar suas faixas para a curadoria do projeto que será feita pelo A&R do selo e pelas embaixadoras. Para participar do concurso, basta entrar no site do Austro, enviar o nome da faixa, o nome da artista, e-mail de contato e fazer o upload da música. As inscrições se encerram no dia 29 de setembro. As faixas selecionadas serão lançadas na compilação Austro Selections | La Femme, que estará disponível ainda em 2017.

O lançamento oficial da campanha aconteceu na Casa Tpm, no último fim de semana (26 e 27 de agosto), onde o selo teve um espaço próprio. O Austro levou para o evento o universo do misticismo e ofereceu ao público uma experiência de leitura de cartas de tarô, que tinham a identidade visual da campanha, com a participação da taróloga Rita Salinas. A primeira noite do evento, no sábado, foi encerrada ao som de Marian FLOW (Flow & Zeo).  A DJ, que fez um set seguindo a linha do Deep house melódico e harmônico, disse estar empolgada com a campanha.

"Fiquei muito feliz com o convite! Acho que de fato este é um universo muito mais dominado pelos homens, mas nós temos muitas mulheres DJ’s que são incríveis, em nível mundial mesmo. Eu acho importante essa iniciativa. Tenho certeza de que vamos receber produções legais, vai ser uma experiência bacana fazer esse filtro e descobrir novos talentos junto com o time de curadores.", revela Marian.

Comentários