Assessor do Nirvana diz que Kurt Cobain tinha inveja de Dave Grohl

05 de abril de 2019, 14h15, por Amanda Ramalho
Divulgação

Hoje, dia 5 de abril, completa exatos 25 anos que Kurt Cobain deixou os fãs orfãos de suas canções.

E por falar em Kurt, em uma recente entrevista ao "The Washington Post" (via "NME"), Danny Goldberg - assessor que trabalhou com a banda entre 1990 e 1994 - contou que o músico reconhecia o talento de Dave Grohl como cantor, mas que no fundo sentia uma pontinha de inveja por seu talento.

Danny contou que um dia Kurt disse: " 'Eu não acho que você percebe como o Dave é bom cantando, mas eu o ouço harmonizando todas as noites. Era como se ele estivesse realmente fazendo isso para eu saber', porque havia esse lado fraternal e doce nele, mas também tinha um pouco de inveja. Quer dizer, ele era competitivo", declarou o assessor.

Na ocasião, Danny estava divulgando seu livro sobre a história do vocalista do Nirvana, "Serving The Servant: Remembering Kurt Cobain".

A próposito, o escritor também comentou que os fãs ficarão surpresos com algumas revelações sobre a morte de Kurt.

"Você sempre vai saber que ele se matou. Mas espero apenas esclarecer algumas partes dele que estavam um pouco escondidas, e é isso que espero que o livro faça. Se as pessoas pudessem ver o sorriso dele em sua mente do jeito que eu podia ver em minha mente..."

Fique dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários