músicas: escolha seu artista

Aaron Carter conta por que Michael Jackson gostava tanto de crianças

16 de julho de 2020, 12h32, por Amanda Ramalho
Reprodução

Que a vida de Michael Jackson sempre foi muito cercada por polêmicas e acusações que até hoje não foram comprovadas, isso nós já sabemos. Mas sempre tem alguém para dar o seu parecer sobre o assunto, não é mesmo?

Desta vez, foi Aaron Carter, irmão Nick Carter, dos Backstreet Boys, que decidiu falar sobre o rei do pop.

Em entrevista à "Vlad TV", Aaron contou que na sua adolescência sempre teve uma boa amizade com Michael. Agora, com 32 anos, o jovem contou que relembra os conselhos que o cantor lhe dava para a sua carreira.

Aaron sempre o defendeu das acusações sobre pedofilia, porque acreditava em sua inocência, já que ele mesmo chegou a questionar Michael sobre isso.

"Ele começou a rir e disse: 'Porque a melhor maneira de fazer a indústria musical se manter relevante é continuar sempre inspirando uma mensagem positiva nos jovens e mostrar a eles os diferentes aspectos da vida'".

Aaron continuou: "eu lembro de me divertir muito com Michael. Eu tinha cerca de 15 anos, ficava na casa dele, no quarto dele, e é muito difícil, para mim, entender que minha experiência com ele foi gentil, linda, amável e reconfortante. Você está pisando no túmulo de uma lenda".

O músico também contou que não entende porque as acusaçõses de James Safechuck, de 41 anos, e Wade Robson, de 36, no documentário "Leaving Neverland" só chegaram após a morte de Michael.

"Por que não o acusaram quando ele estava vivo? Por que não isso fizeram quando ele estava sendo alvo de várias acusações?"

Aaron também contou que conversou com Michael dias antes de sua morte. "Eu falei com ele duas semanas antes de sua morte.. e ele me disse que não aguentava mais [essa vida]".

Veja abaixo a entrevista de Aaron Carter a "Vlad TV":

Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música.

Ouvir músicas do Michael Jackson

Comentários