fotos

Biografia

Nego do Borel

Leno Maycon Viana Gomes era um menino pobre da comunidade do Morro do Borel, no Rio de Janeiro. Depois de ver o destino da maioria dos seus amigos, decidiu que queria um caminho diferente para a sua vida e passou a se dedicar ao funk, a fim de oferecer uma vida melhor à sua mãe.

Nego do Borel, como ficou popularmente conhecido, nasceu em 10 de julho de 1992. O nome do morro onde cresceu deu origem ao seu nome artístico que hoje está na boca do povo, nos quatro cantos do Brasil.

A evolução no funk



Nego já arriscava algumas composições no funk há bastante tempo quando criou, em parceria com o Bonde das Maravilhas, o hit “Brincadeira das Maravilhas”, single que fez com que ele começasse a ganhar visibilidade no meio.

Mas foi só em 2012, com a música “Os Caras do Momento” que o cantor alcançou o sucesso e entrou para os mais visualizados do Youtube. Em seguida, os singles Bonde dos Brabos e Diamante da Lama não ficaram para trás, o sucesso só ia aumentando.

Nessa época, Nego do Borel começou a ser convidado para cantar em diversos programas da TV Brasileira, como Legendários, TV Xuxa, Esquenta!, Melhor do Brasil, Domingo Legal e muitos outros.

Na intenção de alcançar um público ainda maior, o artista passou a criar produções mais pop, mescladas com funk. O primeiro hit dessa nova fase foi “Menina Má” em parceria com o grupo Melanina Carioca. O mesmo aconteceu com “Esqueci Como Namora”, “Hoje é Dia de Maldade” e “Você Partiu Meu Coração”, um dos maiores sucessos de Nego, em parceria com Wesley Safadão e Anitta.

Além da música, Nego do Borel também tem um grande talento para atuação. Não é por acaso que, desde que ficou conhecido, foi personagem da novela Malhação, da Rede Globo – edição que tinha uma de suas músicas na trilha sonora –, e da nova versão de Trapalhões, da mesma emissora.

Curiosidades sobre Nego do Borel



- O cantor largou os estudos na quarta série para começar a trabalhar
- Nego entrou para o Hot 100 da Billboard em 2018 com a música Corazón
- O artista cantou na cerimônia de encerramento da Paralimpíada