Veja todas as fotos de MC Cabelinho

Reflexo

MC Cabelinho

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
BK', Cabelinho, Bloco 7
É o rap, é o funk
Ainda, ha
Passa nada e nem pode
Muita fé, meu mano
Vamo' que vamo'
Piei, ainda

Minha nossa senhora, essa madrugada nem deu pra dormir (Nem deu pra dormir)
O barulho do águia sobrevoando me fez despertar (Me fez despertar)
Passou no jornal a polícia invadindo e claro que eu ouvi (Claro que eu ouvi)
A troca de tiro impede outra vez do meu filho estudar
Quem te enganou que o favelado tá seguro dentro da sua própria casa?
Quem me garante que uma bala perdida, na hora do tiroteio, nunca vai me achar?
É por isso que o governo brasileiro
Na visão do favelado, é uma piada (Do favelado, é uma piada)
Tanto sonho interrompido
Mais um coração partido
Eles fizeram muita mãe chorar
Des-trava (Destrava), deixa na agulha, Kalashinikov
Re-para (Repara), o caveirão e a barca da Choque
Eles trazendo o cheiro da morte (O cheiro da morte)
Virou rotina esse corre-corre (O corre-corre)
E, nessa hora, o morador que sofre (Sofre)
Deixo avisado que eu não acredito
Que exista um conto de farda (Não-não)
Autoridade que era pra me proteger sobe o morro e me mata
Luto e luta das balas achada' (das balas achada')
E o arrombado de terno e gravata (De terno e gravata)
Que autoriza essa guerra na minha favela enquanto outra bala se acha

Essa é minha realidade
É o reflexo que nós passa' no morro (Que nós passa' no morro)
É bonita a paisagem
Mas é feio como tratam meu povo (Como tratam meu povo)
Essa é minha realidade
É o reflexo que nós passa' no morro
É bonita a paisagem
Mas é feio como tratam meu povo

BK', ei
Quanto dos nosso' ainda vai morrer pra essa guerra se acabar?
Quantos João Pedros e Agatha na mira dos medos e HK?
Quanto mais tempo eu vou dizer e você vai fingir não me escutar?
É melhor aprender a não fazer pois estou aprendendo a me vingar
Até onde vidas negras importam, palcos, quadras ou nos seus fetiches?
Ou empregadas em BRT e vans lotadas e madame mandada mata de COVID
Até onde vidas negras importam, hashtag que as blogueiras racistas postam
Eu vou de Ademar Luquinhas, Santiago Raul, Luyara, esse tipo de influência e resistência, propósito
Se não entende o que eu falo só imagina se isso fosse ao contrário:
Sua vizinha com o filho morto nos braços, que deixou mais um recém nascido e isso com 18 mal completados
Eu quero ver bocas sorrindo, mentes se abrindo, algemas caindo
Pra que a mãe não chore mais pelo filho, é por isso que eu rimo, fé

Essa é minha realidade
É o reflexo que nós passa' no morro (Que nós passa' no morro)
É bonita a paisagem
Mas é feio como tratam meu povo (Como tratam meu povo) (Fé, fé)
Essa é minha realidade
É o reflexo que nós passa' no morro
É bonita a paisagem
Mas é feio como tratam meu povo

álbum

Gravadora: MC Cabelinho
Ano:
Faixa: 1




Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: