Veja todas as fotos de Marcelo Falcão

Céu Aberto (feat. Hungria Hip Hop)

Marcelo Falcão

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
Sente a vibe...

Eu sempre estive leve assim
Eu nunca deixei de lutar
Só meu travesseiro sabia agonia que eu tinha de ver novo dia chegar

E o medo que habitava em mim
Teve medo só de me olhar
Quando eu acordei com a cara fechada
Gritei para o mundo "Eu nasci pra brilhar"

Um dia me disseram que todo poeta é louco que não dorme bem
Um dia me olharam de lado e falaram baixinho "Não vai ser ninguém"
Um dia me disseram que todo poeta é louco, que não dorme bem
Um dia me olharam de lado e falaram baixinho

Drama, fama pra mostrar minha foda em cima da minha cama
Quando eu paro pra pensar que quem me abraça não me ama
Todo final de semana os caras se afogam na lama
E querem me provar que os que eles fazem é o certo

Vou ser alguém só pra provar pra esse mundão
Que os meus versos valem muito mais que ouro
É tipo um tiro direto no coração
Chegando antes do choro cair no olho

Vou ser alguém só pra provar pra esse mundão
Que os meus versos valem muito mais que ouro
É tiro certo dentro do coração
Chegando antes do choro cair no olho

Imagina a vibe dentro do meu carro
Olha a fumaça saindo no teto
Vezes que o dia amanhece nublado
Dentro de mim sempre tem céu aberto

Imagine a vibe e os amigos do lado
Sempre correndo pelo certo
Tem vezes que o dia amanhece nublado
Mas dentro de mim sempre tem céu aberto

Vou ver sentado aqui na cadeira
Assistindo esse mundo acabar
E ver toda vez que eu bato olho
Meu santo me chama, implora que eu faça só uma oração
E que eu tire um minuto do dia pra por o joelho no chão
Vou pedir com fé que a guerra e a fome parem de assombrar
E que Nossa Senhora nos dias de luta venha me guiar

Que me livre do caos da rotina sangrenta, do frio e da guerra
Que meus inimigos não demorem muito a cair por terra
Que me livre do caos da rotina sangrenta, do frio e da guerra
Meus inimigos não demorem muito a cair por terra

Toda vez que eu bato o olho
Meu santo me chama, implora que eu faça só uma oração
E que eu tire um minuto do dia pra por o joelho
Joelho no chão
Joelho no chão
Joelho no chão
Joelho no chão

Toda vez que eu bato o olho
Meu santo me chama, implora que eu faça só uma oração
E que eu tire um minuto do dia pra por o joelho
Joelho no chão
Joelho no chão
Joelho no chão
Joelho no chão
Joelho no chão...

álbum

Gravadora: WM Brazil
Ano:
Faixa: 1




Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: