foto de Mano Brown

Dance, Dance, Dance (feat. Don Pixote & Seu Jorge)

Mano Brown

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduçãotradução letra
  • imprimirimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir letra
  • não está conseguindo ouvir a música?ajuda
Um enrendo sem ela
Ficam sem por quê
Vou honrar o meu filme
Ser forte
Mostrar o que eu possa fazer
Dance, dance, dance
Dance, dance, dance
Luz e som
No desafio a chance
Um entre mil romances
Além do limite onde o amor nos alcance
Então dance, dance, dance
Ô-ô, dance, dance, dance
Livre na cena
Num salto seguro
O groove não cai
Enfim te encontrei
Nosso caso nas telas
Dois foras da lei
Já travamos combates
Com [?]
Ainda vamos dançar outra vez
Nessa história bandida
Qual o pagamento final, eu não sei
Tão [?]
Drama da vida do amor
Longa metragem da dor
Dance, dance, dance
Ô-ô, dance, dance, dance
No desafio a chance
Um entre mil romances
Além do limite onde o amor nos alcance
Então dance, dance, dance
Ô-ô, dance, dance, dance
Livre na cena
Num salto seguro
O groove não cai
Enfim te encontrei

Se for possível
Em algum lugar vou te ver dançar
Sim, eu vou ligar e te encontrar
Amei seus detalhes, eu gosto
Acima ali [?] da rosa
Que me convenceu no fim
Eu sei o que é isso que eu vivo
O perigo é constante, um aviso
Não sou aquele do carinho
Tenho o que dizer
Mas quero com você até o amanhecer
Viver esse momento e nada mais
É difícil, não vou te difamar jamais
Primeiro que quis
Você gostou, quer bis
Eu sei o que fiz
Eu te fiz feliz
Mademoiselle, és capaz
De me fazer sorrir
Vamo curtir um pouco mais
Ficou gravado na mente
Igual não achou a saudade
É presente
Aprende a puxar o bonde, amigo [?]
Depois da dança, comemora com o vilão, sumiu
Vira romance
Esse louco que assedia até um lance
Então dance

Livre na cena
Num salto seguro
O groove não cai
Enfim te encontrei

Se o final for feliz
Não nos perdoarão
Sabe, vamo fugir desse lugar, baby
Pras ilhas do sul
Fuga de Alcatraz, vem ver
Nas marginais como Bonny & Clyde, viver
Antes que acendam as Luzes da Ribalta
Olhares se cruzem e acusem minha falta
No auge da festa, na alta, vem
Mó tela, mó, novela
Longe, sem brisa naquela
Sem mais, mil e uma noites, sequela
Eu também fui vexame
O meu tsunami é ser esse meu mundo infame
Achapelante é não ver
Não entende a discórdia
Eu quero é liberdade
E não misericórdia
Agora se quiser vem
Se não quer, bem
Assalto do trem, pagador
Os malotes de amor e felicidade
Dádiva que o meu Deus deixou
Vamo, antes que venha o ataque
E nos queimem na praça igual Joana D'Arc
Um dia entre nós
Esse som e a saudade
Era uma vez
De um tempo em que éramos reis
De quando o campinho era um palco
Zica, e o crime era um passo do Michael
Aos trancos, barracos e barrancos
Debate louco, às duas horas
Esperando resgate
Um mar [?] proibido
Mal compreendido
Um amor bandido
Em outro nível
Se for possível

Dance, dance, dance
Ô-ô, dance, dance, dance

capa do álbum Boogie Naipe de Mano Brown

Gravadora: Boogie Naipe
Ano:
Faixa: 8


músicas | letra

Relacionados
As Mais Ouvidas de Mano BrownFacebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: