Biografia

Fernandinho

O cantor gospel Fernandinho é responsável pelos singles “Grandes Coisas”, “Galileu” e “Yeshua”. Membro da Segunda Igreja Batista de Campos e líder do Ministério Faz Chover, sua carreira gospel iniciou ainda na infância, quando sua família se converteu ao protestantismo cristão e passou a frequentar a igreja pentecostal.

Hoje Fernandinho é um dos grandes nomes do cenário gospel musical, com um número intenso de CDs e DVDs ao longo dos anos. São mais de dez títulos lançados na carreira.

Carreira do cantor Fernandinho



Nascido na cidade de Aracaju, Sergipe, Fernandinho se mudou ainda na adolescência para Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Lá integrou um grupo de música onde aprendeu técnicas de canto. Logo depois, formou sua primeira banda onde cantava e tocava bateria.

Cresceu em meio à igreja, cantando e tocando bateria nas apresentações e disseminando suas crenças nas músicas.

Iniciou sua carreira em 2002 com a gravação do disco “Formoso és”. Mas foi em 2004 que ganhou visibilidade nacional ao lançar o single “Faz Chover”, concorrendo ao prêmio “Troféu Talento” do mesmo ano.

Fernandinho é considerado o cantor masculino de maior sucesso e vendas no setor gospel nacional. Atrás apenas da cantora Gabriela Rocha.

Em 2006, o cantor lançou o álbum “Abundante Chuva”, que foi premiado com disco de ouro em 2007 e disco de platina em 2008. A canção mais famosa do cantor é “Nada Além do Sangue”.

A lista dos trabalhos do cantor é grande, acompanhe abaixo:

- Formoso És (2002)
- Somos um (2002)
- Faz Chover (2004)
- Abundante Chuva (2005)
- Geração de Samuel (2006)
- Sede de Justiça (2007)
- Venho ao Teu Reino (2008)
- Amigos Adoradores (com Heloisa Rosa e Ricardo Robortella) (2008)
- Uma Nova História (2009)
- Sou Feliz (2011)
- Teus Sonhos (2012)
- Acústico (2014)
- Galileu (2015)

Curiosidades sobre Fernandinho



Fernandinho gravou um álbum acústico no Texas, EUA, com participação de Aline Barros, Fernanda Brum e David Quinlan com sons pela banda Digital Age;

Ele também gravou dois CDs dentro da Igreja Batista Central da Barra da Tijuca, com o primeiro “Uma Nova História” e logo depois “Galileu”;

O cantor foi convidado por Marcos Witt a louvar na maior igreja dos EUA;