Veja todas as fotos de Elba Ramalho;Geraldo Azevedo;Zé Ramalho

Eu vou pra Lua / O Canto da Ema

Elba Ramalho;Geraldo Azevedo;Zé Ramalho

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
Eu vou pra lua, eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá
Eu vou pra lua, mamãe eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá

Já estou enjoado aqui da terra
Onde o povo a pulso faz regime
A indústria, o roubo, a fome, o crime
Onde os preços aumentam todo dia
O progresso daqui é a carestia
Não adianta mais se fazer crítica
Ninguém acredita na política
Onde o povo só vive em agonia

Eu vou pra lua, eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá
Eu vou pra lua, mamãe eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá

Lá não tem juventude transviada
Os rapazes de lá não têm malícia
Quando há casamento na polícia
É a moça quem é sentenciada
Por acaso a dona for casada
Trair o marido a coisa é feia
Ela pega dez anos de cadeia
E o conquistador não sofre nada

Eu vou pra lua, eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá
Eu vou pra lua, mamãe eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá

Na lua não tem nome abreviado
Ipsep, ipase nem casepe, nem ipep, nem cpmf
Nem há contrabando de mercadoria
Lá não falta água, não falta energia
Não falta hospital, não falta escola
É fuzilado lá quem "come bola"
E morre na rua quem faz anarquia

Eu vou pra lua, eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá
Eu vou pra lua, mamãe eu vou morar lá
Vou no meu sputinik, do campo do jequiá

A ema gemeu no tronco do juremar [2x]
Foi um sinal bem triste, morena
Fiquei a imaginar
Será que é o nosso amor, morena
Que vai se acabar? [2x]

Você bem sabe, que a ema quando canta
Vem trazendo no seu canto um bocado de azar
Eu tenho medo pois acho que é muito cedo
Muito cedo meu benzinho pra esse amor acabar

Vem morena, vem, vem, vem
Me beijar, me beijar
Dá um beijo, dá um beijo
Pra esse medo se acabar

A ema gemeu no tronco do juremar [2x]
Foi um sinal bem triste, morena
Fiquei a imaginar
Será que é o nosso amor, morena
Que vai se acabar?

Você bem sabe, que a ema quando canta
Vem trazendo no seu canto um bocado de azar
Eu tenho medo pois acho que é muito cedo
Muito cedo meu benzinho pra esse amor acabar

Vem morena, vem, vem, vem
Me beijar, me beijar
Dá um beijo, dá um beijo
Pra esse medo se acabar [3x]

A ema gemeu no tronco do juremar [2x]

compositores: JOAO VALE, DEMOSTHENES VIANA, ALVENTINO SOUZA





Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: