Veja todas as fotos de Djonga

Me dá a Mão

Djonga

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
Acelerei demais e me perdi na curva
Pus coração na mesa, era pra ter razão
Nem nos tempos de paz eu quis fugir da luta
Procurei luz, procurei luz na escuridão

E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão
E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão, uh

Tô na beira do precipício, me dá a mão
Ser o mesmo que eu já fui antes não dá não
Pensei que eu era gigante, o mundo anão
Tudo desabando em volta e eu: "Firmão"
Tem gente comendo lixo, eu salmão
Cartão black na carteira e mó saldão
Sou rei nesse xadrez louco ou peão?
Eu já soube a direção
Sou falso, sincero, um profeta
Um nada, um alguém, um qualquer
Tremi diante da tempestade
Fui Pedro, homem de pouca fé
Imóveis no meu nome, mano
Achei que tava dominando
E fui dominado pelo efeito dominó
Que derruba peça preta há mais de quinhentos ano', ó
Duas mão' me empurraram pro abismo
Ela falou que com uma me puxa
Encontrei a senhora do meu destino
Eu quero ser o boy magia dessa bruxa
É, 'cê conheceu meu lado ruim
Hmm, e sentou na minha parte boa
Com você atravessaria os Sete Mares
De navio, a nado ou de canoa
O orvalho te molhou, sabe?
Tu emanou só luz, fiquei chocado
E eu sou tão falho, anti-herói, vilão
Mas tô focado, yeah

E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão
E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão, uh

26 ano', milionário
Perguntam o preço do meu carro, quase dez de trabalho
E aquelas fita'
Apanhei demais, mas vai ver como eles ficou depois da briga
Sou só mais um filho de rapariga
Que anda com o rei na barriga
Pisaram no formigueiro, mas não podem com a formiga
Deus castiga
Só que pedem minha cabeça a todo tempo
Eu não posso me entregar, mas tô surtando
Preciso de um acalanto no talento
Pra sair vitorioso, tô lutando
Jogo baixo quando tu vem por cima
Tentam me diminuir, mas você sempre soma
Meu sonho de valsa, pé de laranja-lima
O quarto vira sauna, o sono vira coma
Já pensei em desistir e ouvi: "Como é?
Por acaso foi merda que você comeu?
Tu que sempre tirou onda, neguin', qual é?
Ou essas rima' aí não foi 'cê que escreveu?"
Primeira vez que me senti pequeno, mané
Foi ao lado de uma mulher menor que eu
Todo errado, ela veio e pegou no pé
Depois disso o pai amadureceu
Vou te levar por onde andar
Viajar pra Guiné, Paris, Milão
Já te tenho de quatro, de lado e mais como quiser
Mas eu só te peço: me dá a mão
É que eu vou te levar por onde andar
Viajar pra Paris, Guiné, Milão
Já te tenho de quatro, de lado e mais como quiser, yeah, é

E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão
E hoje eu só te peço: me dá a mão, uh
Me dá a mão, uh

álbum

Gravadora: Ceia Ent.
Ano:
Faixa: 4




Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: