Veja todas as fotos de De Menos Crime

Burguesia

De Menos Crime

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
A minha voz não calo, não sou otário, burguesia do caralho;
Sem medo eu falo a podridão domina o seu ciclo;
Seu estilo de vida pra mim fede;
Você abafa, despreza a plebe;
Mas no seu interior a pobreza te fere;
Você propôs a pena-de-morte;
Mais um de seus esquemas para acabar com os pobres;
Mas minha gente é forte e supera seus cortes;
Vocês produzem a miséria;
E nos impedem de chegar á nível social;
Enquanto minha gente se quebra e requebra;
Para se pôr o pão na mesa, sua lixeira transborda alimentos;
Não é sua fartura que me incomoda;
E sim a sua hipocrisia é que me sufoca, burguesia idiota.

(2x) Vocês produzem a miséria;
E nos impedem de chegar a nível social;
A burguesia fede.

Graças á sua maldita ganância;
Não podemos mais alimentar esperança;
Sua mania de grandeza;
Fazendo de tudo pra nos deixar por baixo;
Burguesia do caralho tem a polícia á sua disposição;
Não por vocês estarem cobertos de razão;
É que seu dinheiro fala mais alto, burguês cuzão;
Me dói ver tanto poder em suas mãos;
A favor da nossa destruição;
Na verdade você tem pavor de ser brasileiro;
Outra vez você está fedendo, sua arma é seu intelecto;
Me enoja ver você falar com certo ar de seriedade;
Prendendo nossas atenções na sua falsidade;
A mídia está ao seu dispor nos mostrando;
Como pobres coitados, delinqüentes ou incapacitados;
E suas imagens como homens de fibra e coragem;
Quando na verdade são os pobres é quem dão o sangue;
Burguesia infame, De Menos Crime é o nome;
Ideologia é forte, se liga aí mané.

(2x) Vocês produzem a miséria;
E nos impedem de chegar a nível social;
A burguesia fede.

Descarrego o que está prezo;
Para doer no interior de quem nos dá o desprezo;
Nos intimidar (ha háa) é bem do seu feitio;
Lhe encarar á pra poucos;
Dos muitos que têm a vida por um fio;
Assim como eu acendi o pavio;
A minha paciência já se explodiu;
Na sua mente só habita dinheiro;
Dinheiro compra o homem em todos os sentidos;
Mas interiormente não trás benefícios;
Ser pobre é sentir na pele sua sujeira, burguesia nojenta;
Quando moleque seus herdeiros são marionetes;
Assim que crescem se vestem e não se esquecem;
De se perfumar, é claro, tradição familiar;
Esnobar, esnobar, esnobar, a burguesia quer dominar;
A burguesia fede e nos impede de respirar;
Nos sufocar, encurralar é sua meta;
A burguesia é esperta, fique alerta.

(2x) Vocês produzem a miséria;
E nos impedem de chegar a nível social;
A burguesia fede.




Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: