artistas

Vocalista do Molejo presta depoimento e diz que foi chantageado

08 de fevereiro de 2021, 13h49, por Amanda Ramalho
Reprodução Instagram

O vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, prestou depoimento ao delegado Reginaldo Guilherme, titular da 33ª DP, em Realengo, no último final de semana. O músico é acusado por estupro pelo dançarino Maycon Douglas Porto do Nascimento Adão, conhecido como MC Maylon.

Segundo Anderson, eles realmente tiveram relação sexual, mas que tudo foi consensual.

O pagodeiro disse que combinou com o jovem no dia 10 de dezembro que teriam relações no dia seguinte. De acordo com o "Extra", Anderson e MC Maylon foram ao hotel Queen, na zona oeste do Rio de Janeiro. O vocalista do Molejo contou que o rapaz continuou a ir nos shows da banda após o encontro.

Anderson contou que conheceu o jovem em julho do ano passado, quando a mãe de Maylon abordou  cantor para pedir que ele ajudasse o rapaz na sua carreira. Anderson viu o rapaz em 6 shows e que decidiu convidá-lo para uma apresentação, mas "a coisa não deu muito certo". Mesmo assim Maylon se apresentaou em 3 shows do Molejo, acompanhado por um DJ de funk.

Em setembro, o jovem teria contado a Anderson que fez uma tatuagem com o seu rosto - o que realmente aconteceu. Anderson também contou que aconselhou o rapaz a desistir de pensamentos suicidas.

O pagodeiro relatou que foi chantageado pela mãe do jovem, Jupira Pinto, que exigia que ele pagasse todos os tratamentos médicos do dançarino ou "tudo iria parar na imprensa".

Em entrevista ao "Extra", Jupira nega as chantagens: "Nunca houve chantagem. Quando eu fui conversar com ele, era para pedir que ele visse médico para o Maylon. Expliquei bem para ele, que Maylon precisava de médico depois que ele cometeu isso com o Maylon, que ele fez essa coisa horrorosa. O Anderson fez sem camisinha. Maylon de 21 anos. E Anderson com a idade que tem. Maylon nunca tinha tido parceiro. Falei para ele: eu não tenho condições de levar meu filho para fazer exames particulares. Então eu dependo da ajuda dos meus amigos, como está acontecendo agora".

Em live, Anderson contou sem nenhum pudor tudo o que aconteceu "Comi? Comi. Estuprei? Não. Comi com consenso (...) Desculpe, não estou reunindo prova contra mim, estou falando a verdade para vocês. Eu não preciso estuprar ninguém, não. Não preciso".

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta a nossa página no Facebook!

Comentários