The Weeknd encerra parceria com "H&M" após foto racista

09 de janeiro de 2018, 11h02, por Alexandre Murari
Divulgação

Após ter lançado uma linha de roupas em parceria com a marca "Hennes et Mauritz" no ano passado, o cantor The Weeknd, nesta segunda-feira, 08, em seu Twitter, revelou que não continuará a sua parceria com a empresa de roupas após a mesma cometer racismo em uma foto publicitária.

→ Cantora France Gall morre aos 70 anos

→ Nego do Borel e Luan Santana lançam clipe de "Contatinho"

Na rede social, o cantor disse que está "envergonhado" e "profundamente ofendido" com a imagem, que traz um garotinho negro com um casaco com a frase estampada: "O macaco mais legal da selva".

"Acordei esta manhã chocado e envergonhado com essa foto. Estou profundamente ofendido e não trabalharei com a H&M nunca mais", escreveu The Weeknd.

De acordo com um porta-voz da marca, "a imagem foi eliminada de todos os canais da H&M". A foto da peça de roupa sozinha ainda pode ser vista na loja on-line. "Pedimos desculpas aos que puderam se sentir ofendidos", acrescentou o grupo.

Comentários