Se estivesse vivo, Renato Russo faria 52 anos

27 de março de 2012, 17h56, por Tatiana Pires
DivulgaçãoRenato Russo morreu em decorrência da Aids

Conhecido como o líder da chamada 'geração Coca-Cola', Renato Russo faria aniversário de 52 anos, nesta terça-feira, dia 27. Renato Manfredini Júnior, o cantor e compositor iniciou sua carreira musical nos anos 70, no grupo Aborto Elétrico, que fez parte da Turma da Colina, movimento de bandas do Planalto Central.

O reconhecimento do público e o sucesso nacional foi conquistado na Legião Urbana, banda fundada em Brasília (DF) em

Comandada por Renato Russo, a Legião Urbana lançou músicas que marcaram não só a geração dos anos 1980, como fazem sucesso entre os jovens de hoje, entre elas: "Meninos e Meninas", "Pais e Filhos", "Faroeste Caboclo", "Ainda é Cedo", "Eduardo e Mônica" e "Que País é Esse?".

Em carreira solo, o cantor e compositor lançou clássicos como "A Carta", "A Cruz E A Espada" e "Mais Uma Vez", além de canções em inglês, espanhol e italiano como "Cathedral Song", "When You Wish Upon A Star", "La Solitudine" e "Strani Amori". Confira aqui os principais sucessos gravados por Renato Russo fora da Legião Urbana.

Renato Russo permaneceu na Legião Urbana até sua morte em 11 de outubro de 1996, devido às complicações causadas pela Aids. Após 11 anos depois, a banda se desfez.  Em 2009, os integrantes remanescentes do grupo - Dado Villa-Lobos (guitarrista) e Marcelo Bonfá (baterista) - voltaram a se apresentar com o mesmo nome e com Toni Platão nos vocais. 

Ouvir Renato Russo  |  Ouvir Legião Urbana 

Galeria de Imagens

Comentários