artistas

Roberto e Erasmo Carlos não conseguem recuperar a posse de 72 músicas

22 de novembro de 2021, 12h12, por Amanda Ramalho
Instagram Erasmo Carlos @erasmocarlosbr

Em 2019, Roberto e Erasmo Carlos entraram na Justiça pedindo a rescisão de contratos assinados entre 1964 e 1987 com a editora Fermata. O argumento, era de que eles nunca tiveram a intenção de ceder à editora os direitos autorais, mas sim, o direito de exploração e de gestão comercial das obras.

Os amigos de longa data tiveram o pedido rejeitado pelo STJ, o Tribunal de Justiça de São Paulo, em primeira instância.

Entre os 72 clássicos que eles tentam recuperar estão "Namoradinha de Um Amigo Meu", "É Preciso Saber Viver" e "Se Você Pensa".

A defesa dos artistas alega que eles nunca prentenderam vender as obras, mas licenciar a uma empresa especializada a administração de uma parte do repertório.

Erasmo e Roberto ainda podem recorrer da decisão do STJ.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!

Ouvir músicas do Roberto Carlos     |    Ouvir músicas do Erasmo Carlos

Comentários