Pabllo Vittar sobre preconceito: "é difícil levar dedo na cara"

03 de abril de 2019, 12h06, por Amanda Ramalho
Reprodução

O canal do YouTube, Papo de Música, de Fabiane Pereira, trouxe como atração da última terça-feira, dia 2, a drag queen mais badalada do Brasil: Pabllo Vittar.

Entre os diversos assuntos que surgiram na conversa, Pabllo contou sobre o preconceito que já precisou enfrentar e como lida com esse tipo de adversidade.

"Desde criança, eu sofri muito preconceito, eu sei como é difícil levar dedo na cara, ser apontada, ser motivo de chacota e de risada. Eu sei como é difícil não conseguir emprego por ser quem se é. Eu vivi isso, eu vivo isso na minha pele todos os dias. Então eu não sou uma artista pra ficar só fazendo música. Aproveito esta visibilidade que tenho pra colocar a cara no sol e trazer visibilidade pras minhas manas que nem sempre têm esse tempo livre pra estar colocando o que pensa pra fora", declarou.

Pabllo também comentou que não sabe como o sucesso bateu a sua porta, mas que faz o possível para aproveitar o momento e continuar na luta pelos seus sonhos,

"Batalhei muito pra conquistar tudo o que tenho", mas ressaltou "sempre quis que minha voz ecoasse nas rádios do Brasil".

Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários