músicas: escolha seu artista

Morre aos 103 anos a cantora Vera Lynn, símbolo do Reino Unido

18 de junho de 2020, 14h06, por Amanda Ramalho
Reprodução site Military.Com

Faleceu nesta quinta-feira, dia 18, a lenda britânica Vera Lynn. A cantora, que tinha 103 anos, foi considerada a "namoradinha" dos soldados birtânicos na época da 2ª Guerra Mundial, tornando-se símbolo de esperança e superação do Reino Unido.

A primeira gravação de Vera chegou em 1935, aos seus 18 anos. A última foi foi realizada 60 anos depois, em um concerto que celebrava o cinquentenário do Dia da Vitória na Europa, no Royal Albert Hall.

A coletânea "We'll Meet Again: The Very Best of Vera Lynn" trouxe Vera de volta aos destaques, quando em 2009, aos 92 anos, tornou-se a pessoa mais velhar a alcançar o topo do ranking.

Em 2017, ao completar um século de vida, o projeto "Vera Lynn 100" conquistou o 3º lugar. Tempos depois, o disco apareceu em 30º lugar, no top 40, fazendo com que ela quebrasse o próprio recorde de artista com mais idade em uma parada de álbuns do Reino Unido.

"We'll Meet Again", escrita em 1939, foi a sua canção mais emblemática.

No mês passado, maio, a faixa voltou a ser relembrada por Katherine Jenkins em um dueto com um holograma de Vera Lynn no Royal Albert Hall completamente vazio. Os versos da música foi entoada durante esse triste período da pandemia do coronavírus.

(re) veja a apresentação:

Fique por dentro de tudo o que acontece no mundo da música. Curta a nossa página no Facebook!

Comentários