Jorge e Mateus terão que pagar oito mil a fã agredido

28 de junho de 2017, 15h36, por Alexandre Murari
Divulgação

A J&M Produções Artísticas, empresa da dupla Jorge e Mateus, foi condenada a pagar oito mil reais a um fã que havia sido agredido, em 2015, no camarim dos sertanejos, por seguranças que cuidavam da privacidade dos artistas.

→ Cantores são convidados para debate sobre a criminalização do funk

A agressão aconteceu na Festa Bloco da Pirraça, em Cuiabá – MT. A sentença foi dada nesta segunda-feira, 26, pela juíza Lúcia Peruffo, do 1º Juizado Especial Cível de Cuiabá. Nos laudos, o agredido, João Carvalho Correa de Amorim, alega que foi ao camarim para conversar e tirar fotos com a dupla sertaneja, e acabou sendo agredido pelos seguranças.

→ Em vídeo, MC Catra se retrata sobre apologia ao crime

A assessoria dos cantores explica que os seguranças da festa não foram contratados pelos sertanejos, mas, sim, pela empresa organizadora do evento. Portanto, a J&M busca uma forma de recorrer ao caso.

Comentários