artistas

Imposto de Renda: modificação permite maior doação a Fundos que ajudam pacientes na Funfarme

16 de março de 2020, 14h40, por Amanda Ramalho
Site da Receita Federal

No dia 2 de março, a Receita Federal deu início à Declaração anual do Imposto de Renda para pessoas físicas. Todo ano, o declarante podia reverter gratuitamente parte do imposto devido para fins sociais, numa alíquota máxima de 3% do total, que é repassado para instituições sem fins lucrativos ou públicas.

Neste ano, foram feitas algumas modificações pela Receita e partir de agora o contribuinte pode fazer uma destinação solidária do Imposto ainda maior e, assim, ajudar mais entidades filantrópicas, como o Hospital de Base (HB) e o Hospital da Criança e Maternidade (HCM).

A novidade é que na hora de fazer a declaração, além dos até 3% para o Fundo da Criança do Município de Bady Bassitt, o declarante pode agora reverter outros 3% para o Fundo do Idoso da cidade, somando um total de 6%. Basta apenas avisar o contador ou fazer a declaração completa, pelos sites da Receita. Após a destinação, a prefeitura de lá repassa 95% do montante para HB e HCM, que injetam o valor em melhorias estruturais e de equipamentos.

Um levantamento feito pela Receita Federal mostra que apenas 2% do imposto de renda da pessoa física de 2019 foram destinados para fins sociais, o equivalente a apenas R$ 119 milhões dos R$ 6,2 bilhões.

Esta verba irá ajudar a custear a modernização e adequação de uma ala específica para Geriatria, especialidade que cuida de idosos, do SUS no HB e para a compra de equipamentos de fototerapia para recém-nascidos, monitores cardíacos e respiradores de tecnologia avançada para as UTIs do HCM.

"Por ano, realizamos mais de 800 mil atendimentos, dos quais, cerca de 700 mil são de usuários do SUS não só da nossa região, mas de todo o país”, explicou o diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares, em nota divulgada a imprensa.

A declaração do imposto pode ser feita até 30 de abril de 2020. Porém, o quanto antes ela for feita, mais rápido o contribuinte receberá a restituição.

Comentários