Em entrevista inédita, Kurt Cobain critica rappers brancos

22 de novembro de 2018, 15h20, por Amanda Ramalho
Divulgação

No ano de 1991, pouco antes do lançamento de "Nevermind", da banda Nirvana, Roberto Lorusso (hoje professor de física em Londres) trabalhava como apresentador de rádio em uma universidade e entrevistou o cantor Kurt Cobain.

Três décadas depois esse áudio caiu na internet e podemos conhecer um pouco mais sobre a opinião do vocalista em alguns assuntos.

Em um dos trechos, Kurt critica os rappers brancos, mesmo após ter declarado ser fã do estilo.
"Eu não sei. Eu estava bêbado naquele momento? Sou fã de rap, mas a maioria é tão misógina que nem consigo lidar com isso. Eu realmente não sou muito fã, eu respeito e amo porque é uma das únicas formas originais de música que foram introduzidas, mas o homem branco fazendo rap é como assistir a um homem branco dançando. Nós não podemos dançar, não podemos fazer rap".

No áudio, o músico também falou sobre a desvantagem do primeiro contrato assinado. "No fim, só ficamos com uns US$ 20 mil para comprar instrumentos e outros equipamentos. Eu nem tenho onde morar agora".

Quando indagado sobre o futuro do grupo, Kurt brincou: "Qualquer coisa. Eu não sei. Jogar televisões da janela, comer peixe no jantar, extintores de incêndio, fogos de artifício".
Ouça o áudio na íntegra:

Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários