artistas

Burger King pede trégua ao McDonalds, propõe criar lanche juntos, mas restaurante recua

26 de agosto de 2015, 14h06, por Marayná Freitas
Divulgação/Burger King

"Um dia de trégua". É assim que o Burger King iniciou sua proposta de "paz" para o McDonalds em um vídeo de ação global que busca um descanso na rivalidade dos concorrentes. O objetivo do vídeo deve-se a uma campanha para celebrar o Dia da Paz, comemorado no dia 21 de setembro.

Além de estender a bandeirinha branca, o restaurante foi ainda mais longe: propôs que, junto do McDonalds, eles criassem um novo lanche: o "McWhopper", que combinaria os ingredientes dos mais tradicionais lanches das duas empresas. A ONG Peace One Day também está envolvida na ação, e se o McDonalds aceitasse a proposta, o lucro da venda dos sanduíches iriam para a ONG.

Diante de uma ação positiva para os que curtem tanto um restaurante quanto o outro, há também duas más notícias: o McDonalds respondeu ao pedido de trégua, mas parece que fazer um lanche juntos não vai rolar (veja abaixo). Mesmo assim, se acontecesse, os hambúrgueres só seriam vendidos em Atlanta, nos EUA, por apenas um dia: o dia 21 de setembro.

Confira o vídeo com a proposta ao McDonalds:

 
#McWhopperProposal

Um dia de trégua. Nós queremos nos juntar com o McD’s neste Dia da Paz Peace One Day. Esta é nossa #McWhopperProposal - www.mcwhopper.com

Posted by Burger King Brasil on Quarta, 26 de agosto de 2015

Horas depois, Steve Easterbrook, CEO do McDonalds, escreveu um post no Facebook oficial do restaurante, no qual dizia que a "inspiração foi uma boa causa", mas pondera: "nós amamos a intenção, mas acho que as nossas duas marcas poderiam realizar algo maior para fazer a diferença". "Nos comprometemos a aumentar a conscientização em todo o mundo. Quem sabe vocês se juntam a nós em um grande esforço global?", sugeriu.

Para completar, ainda fez questão de dizer que a rivalidade entre eles é amigável. "Entre nós há simplesmente uma competição amigável de negócios e não o clima de dor e sofrimento de uma guerra", afirmou.

O CEO finalizou sua resposta com um "estaremos em contato", mas aproveitou para dar uma 'cutucadinha' no concorrente: "PS: Na próxima vez, um simples telefonema basta", finalizou.

Facebook Oficial

Fique por dentro de todas as notícias que rolam por aqui! Curta a nossa página no Facebook!

Comentários