músicas: escolha seu artista

Brian May repudia uso de hit do Queen em campanha do Trump

10 de junho de 2016, 14h35, por Alexandre Murari
Divulgação

Após Adele vir a público e afirmar que Donald Trump, sem permissão, havia usado suas canções para promover suas campanhas na corrida eleitoral norte-americana, Brian May, do Queen, também tomou a mesma posição.

Na última terça-feira, 7, um programa eleitoral de Trump foi exibido na televisão americana com a música "We Are The Champions" de fundo. Em sua página oficial do Facebook, no mesmo dia, o guitarrista do grupo inglês garantiu que:

"Esta não é uma declaração oficial do Queen, mas posso confirmar que nenhum direito de utilização da nossa música foi pedido, ou acordado. Estamos consultando para saber que ação tomar para que isso não seja mais reproduzido. Independentemente das nossas opiniões sobre o programa de Trump, sempre foi contra nossa moral permitir a utilização da música do Queen para fins políticos".

Além de músicos como May e Adele, artistas como Neil Young, Rolling Stones e R.E.M também tornaram público seus repúdios ao uso de suas músicas pelo candidato Donald Trump.

Comentários