Baile funk reúne 25 mil em bairro do Rio do Janeiro

17 de julho de 2018, 15h20, por Alexandre Murari
Divulgação

Realizado para celebrar o aniversário do DJ Rennan da Penha, neste fim de semana, um baile funk chamado de "Baile da Gaiola" levou cerca de 25 mil pessoas para as ruas do Complexo da Penha, no Rio de Janeiro, e durou quase 24 horas entre seis ruas residenciais e duas avenidas da comunidade Vila Cruzeiro.

→ Guns N' Roses bate recorde no Youtube

→ Alcione para Iza: "merecemos a artista que você é"

Nas redes sociais vários moradores publicaram fotos do baile, que deixou várias ruas tomadas por lixos e sujeiras após o término. Segundo o BRT Rio, dois ônibus articulados também foram vandalizados por um grupo que ia para o baile e o serviço de três linhas foi interrompido.

"Imagina o povo querendo dormir... Absurdo! Passo de BRT para trabalhar e realmente parece o apocalipse zumbi! Jovens totalmente drogados, bêbados, é desesperador", diz uma das críticas ao evento.

"São muitas casas e o barulho é muito alto. Para os moradores que não curtem deve ser um inferno", comentou jovem que já frequentou a festa, que se repete semanalmente. "Uma marca história, apesar de imprevistos", comemorou o DJ Rennan da Penha.

A PM informou que atua com policiamento diferenciado na região nos dias do evento, com reforço aos acessos da comunidade e no BRT. Tanto a PM como a Prefeitura afirmaram que a festa acontece sem autorização, de forma irregular, mas que a Comlurb já realizou a limpeza do local.

Comentários