artistas

31 anos do adeus a Cazuza!

07 de julho de 2021, 11h38, por Amanda Ramalho
Reprodução Instagram Cazuza.Oficial

Exagerado e sincero! De família rica e personalidade forte, Cazuza marcou uma geração e mesmo após 31 anos de sua morte, suas músicas ecoam cada vez mais atuais, pertinentes e realistas.

Cazuza passou pelo Brasil de modo arrebatador e eternizou seu nome através de canções como "O Tempo Não Para", "Codinome Beija-flor", "Exagerado", "Ideologia", "Faz Parte do Meu Show" e muitas outras.

Agenor Miranda Araújo Neto, ou melhor o Cazuza, morreu em 7 de julho de 1990, aos 32 anos, vitíma de um choque séptico causado pela AIDS, doença essa que o músico fez questão de expor a um Brasil preconceituoso e homofóbico dos anos 80/90 - o que não mudou muito até 2021. 

Cazuza mostrou aos brasileiros que poderiam conviver com a doença e apesar daquela época os tratamentos não estarem tão avançados, era uma oportunidade de falar sobre o assunto e amenizar os julgamentos.

Apesar da morte prematura seu legado ficou e até hoje se faz presente em nossos dias.

Aperte o play e confira as mais ouvidas do Cazuza no Kboing!

Fique por dentro de tudo o que acontece no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!

Ouvir músicas do Cazuza

Comentários

Últimas Notícias