Veja todas as fotos de MV Bill

Mulheres

MV Bill

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • tradução da letratradução letra
  • imprimir letraimprimir letra
  • corrigir
  • corrigir a letra
  • não está conseguindo ouvir a música, clique aqui!ajuda
Cada mãe sabe a dor que sente
quando vê o filho sendo queimado como indigente
na mão de nossa gente do mesmo ambiente
Logica contraria infelizmente
mãe que prepara o velorio da filha
vê o bem mais precioso rubi familia
o rosto tras marcas das porradas da vida
com a proximidade da conduta bandida
o coração chei de calo,
e a naturalidade de quem já viu várias almas ir de
ralo
faz dela mais forte, às vezes insensivel
levando na guerrilha do jeito que é possivel
mãe que chora, se humilha, levanta
com o obito do filho entalado na garganta
faz oração pra santa, de vez enquando ela canta
pra ver se todo mal a voz espanta


Essa é só mais uma dor que o tempo não vai curar
com o passar pode até cicatrizar
a vida não te deixa mais sorrir
estrague inevitavel que te faz sentir
menina que vem, bandida que vai
no ambiente destruido é difícil ter paz
mais a vida não acabou não


Novinha acordada a noite inteira
diversão de falcão conhecida como boqueteira
adolescente, conduta, adulta tratamento vip pior que
prostituta
inicio da vida parece momentos finais
contato bitmo por causa de 5 reais
vive seu drama, bem longe da cama
trabalha com a boca quando um jovem lhe chama
uma pedra de crack é o pagamento
às vezes vai pó, beck depende do momento
aparentemente sem prazer, faz por fazer
se arrisca sem ter medo de viver
ausência do amor com a presença do dinheiro
faz a mãe levar a filha junta pro puteiro
saliva com semem, meninos que gemem
as pernas e as estruturas se tremem

Essa é só mais uma dor que o tempo não vai curar
com o passar pode até cicatrizar
a vida não te deixa mais sorrir
estrague inevitavel que te faz sentir
menina que vem, bandida que vai
no ambiente destruido é difícil ter paz
mais a vida não acabou não

presidiaria solitaria na sela
andorinha na gaiolha com saudades da favela
assinou delito por causa do marido
ex-presidiario hoje solto e não é mais bandido
foi fortalecido por ela enquanto preso
ela rodou, ele foi solto e não fez o mesmo
hoje ela paga o preço abandonada
cheia de esperança na visita mais nunca tem nada
encontra abrigo nas colegas de prisão
dividem o abandono e a falta de atenção
se relacionando com outra mulher,
as leis do carcere não exatamente o que ela quer
mais o que tem, sem ter o carinho de alguém da familia
sem noticias da filha que pode tar na trilhar
da quadrilha que pois sua mãe nessa guerrilha
a lágrima no rosto dela brilha.

Essa é só mais uma dor que o tempo não vai curar
com o passar pode até cicatrizar
a vida não te deixa mais sorrir
estrague inevitavel que te faz sentir
menina que vem, bandida que vai
no ambiente destruido é difícil ter paz
mais a vida não acabou não.

Essa é só mais uma dor que o tempo não vai curar
a vida não te deixa mais sorrir
menina que vem, bandida que vai
mais a vida não acabou não.



Gravadora: Chapa Preta
Ano:
Faixa: 3



Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Aviso Legal - Política de Privacidade

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: