Músicas - Escolha Seu Artista

Entenda o caso de agressão de Victor e sua esposa

27 de fevereiro de 2017, 10h38, por Alexandre Murari
Divulgação

Na última sexta-feira, 24, Poliana Chaves, mulher do cantor Victor, da dupla Victor e Leo, prestou queixa de agressão contra o seu marido.

► Ouça as 10 mais ouvidas do Victor e Leo

No boletim de ocorrência feito em uma delegacia de Belo Horizonte, Poliana, que está grávida de outro filho do sertanejo, revelou que havia sido jogada no chão e agredida com vários chutes pelo marido após um desentendimento familiar.

→ Carnaval: 7 cuidados para curtir a folia numa boa

Além da agressão, a mulher também declarou que tinha sido impedida, por um segurança do marido, de sair de casa após o quadro de violência e que só conseguiu sair porque uma vizinha ouviu os seus pedidos de ajuda e acionou o elevador para que ela pudesse sair do prédio em que mora, no bairro Luxemburgo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Ainda no boletim de ocorrência, Polyana afirmou que continuou recebendo ameaças da irmã de Victor por mensagens no celular. Na delegacia, ela foi aconselhada a procurar uma Delegacia da Mulher e a fazer um exame de corpo de delito.

→ De tranças, Anitta surge bronzeada e choca a internet

No sábado, 25, a esposa de Victor fez o exame de corpo de delito e sua sogra, mãe do sertanejo, registrou uma queixa contra ela. Já no domingo, 26, o caso ganhou mais um episódio. Em seu Instagram, a mulher, de 29 anos, publicou uma carta em que esclarece detalhes do ocorrido como o porquê do impasse, que começou após uma discussão com a sogra, o sentimento de solidão que a envolve por não ter amigos nem parentes em BH e que o ato violento, porém, não havia acontecido.

Confira a publicação abaixo:

Quem também falou sobre o caso foi o irmão do acusado, Leo Chaves, que também usou o Instagram para expor sua opinião: "Sabia que a verdade viria à tona". O post trouxe a carta em que Poliana se retrata sobre o ocorrido.

Confira na íntegra:

Também no domingo, foi exibida pelo Fantástico, da Rede Globo, uma entrevista exclusiva com o acusado, Victor. Realizada no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, o cantor, sem falar muito para não expor sua família, declarou o seguinte:

"A única coisa que eu posso dizer é que a minha família é meu bem maior e que toda a minha postura sempre foi de preservar a família. Eu vou continuar fazendo isso. Toda essa exposição me pegou de surpresa. Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos minha esposa, que está grávida do João. A minha postura vai ser continuar preservando a família e me preservando de toda uma exposição altamente negativa e com a qual eu vou lidar em recolhimento com a minha família."

Apesar da aparente reconciliação, a Polícia Civil de Minas Gerais continuará com a investigação. De acordo com a Delegacia da Mulher, mesmo que Poliana retire a queixa, a apuração do inquérito continua pois, de acordo com a Lei Maria da Penha, casos de agressão não dependem da representação da vítima para serem apurados.

Portanto, a polícia segue na tentativa de encontrar testemunhas e imagens de circuitos internos de onde eles estiveram. Embora tenha publicado a carta para esclarecer o ocorrido, Poliana não compareceu à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher para novo depoimento.

Vale destacar que, após todo o caso e a polêmica gerada por ele, Victor achou melhor pedir dispensa do programa "The Voice Kids", no qual é jurado. Quanto a isso, o apresentador André Marques, na edição deste último domingo, revelou quê:

"A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade. O Victor inclusive nos procurou informando que iria se afastar do programa para se dedicar totalmente a esse caso. No entanto, você que acompanha o nosso The Voice Kids sabe que estamos em um momento muito especial da disputa das crianças. Como nosso programa de hoje e da semana que vem já estavam gravados, em respeito a essas crianças que se esforçaram tanto para chegar até aqui nas batalhas, decidimos manter o programa como ele foi gravado e o jornalismo da Globo vai acompanhar o desenrolar desse caso para que você saiba tudo o que está acontecendo".

Comentários