ouvir : conectando
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir letra
  • ajuda


Felizes, de uma maneira geral, geral
Estamos vivos
Aqui agora brilhando como um cristal
Somos luzes
Que faíscam no caos
E vozes abrindo um grande canal

Nós estamos na linha do tiro
Caçando os dias em horas vazias
Vizinhos do cão
Mas sempre rindo e cantando
Nunca em vão

Uma doce família
Que tem a mania
De achar alegria
Motivo e razão
Onde dizem que não
Aí que tá a mágica, meu irmão

Tá aqui e agora
No ar que rodeia
No som que nos cerca
No olho que vê
E não consegue tocar
Aí que tá o segredo, meu irmão

Que pulsa no peito
Que sente e não julga
Que tira do sério
E ascende um na cidade
E não dá pra explicar
Aí que tá o mistério, meu irmão, é!

Descobrir o que liberta o sol
Que faz buraco
Furação do escuro, escuro, escura
Esquecer ao menos uma noite
O medo, o mal real
Que te segura

Nós estamos na linha do tiro
Caçando os dias em horas vazias
Vizinhos do cão, cão, cão
Mas sempre rindo e cantando
Nunca em vão

Uma doce família
Que tem a mania
De achar alegria
Motivo e razão
Onde dizem que não
Aí que tá a mágica, meu irmão

Leve e auto-reverse
Plugado no peito
Mostrando outro jeito
Batendo de frente
Com o bicho feroz, com o bicho feroz [2x]

Pense quanto impulso
Vem de tudo ao seu redor, seu redor
Pense tudo quanto
Pode ser melhor, ser melhor

Felizes, de uma maneira geral
Estamos vivos
Brilhando como um cristal
Somos luzes
Que faíscam no caos
E vozes abrindo um grande canal

Nós estamos na linha do tiro
Caçando os dias em horas vazias
Vizinhos do cão, cão, cão
Rindo e cantando
Nunca em vão

Uma doce família
Que tem a mania
De achar alegria
Motivo e razão
Onde dizem que não
Aí que tá a mágica, meu irmão, é!

Aí que tá a mágica, meu irmão

Mais músicas de O Rappa

músicas | top novidades | top músicas | top artistas