Músicas - Escolha Seu Artista

Fábio de Melo participa de filme que homenageia travesti

04 de agosto de 2017, 11h56, por Alexandre Murari
Divulgação

Em 2015, o padre Fábio de Melo e a famosa travesti Luana Muniz se encontraram na quadra da escola de samba da Mangueira, no Rio de Janeiro, e foram alvos de várias críticas pelo Brasil afora.

→ Morre, aos 66 anos, o cantor e compositor Luiz Melodia

No entanto, o encontro fez nascer uma amizade entre os dois e quem confirma a relação é o próprio padre, que participou do documentário "Luana Muniz – A Filha da Lua", que homenageia a travesti morta em 2015, aos 63 anos, por decorrência de uma pneumonia. Confira o trailer abaixo:

→ Claudia Leitte libera prévia de novo clipe; assista

Trazendo a história de vida de Muniz, que ficou conhecida como 'rainha da Lapa', principalmente pelo trabalho social de recolher e abrigar necessitados como transexuais, portadores de HIV, prostitutas e pessoas em situação de rua, o filme contará com depoimentos de pessoas próximas a Muniz.

→ Paul McCartney participa de novo disco do Foo Fighters

Confira o trailer abaixo:

Segundo o jornal "Extra", no depoimento, Padre Fábio conta que eles ficaram amigos e que até hoje não consegue apagar as mensagens de voz enviadas por ela. Ainda de acordo com a publicação, o diretor da produção, Rian Córdova, falou sobre a importância que teve a participação do padre:

"Ficamos felizes de ele ter aceitado o convite de falar pessoalmente sobre ela. Na entrevista, ele revela como ficaram amigos. Embora tenham pontos de vista diferentes, eles têm em comum o amor ao próximo. A vida do padre Fabio repercute, às vezes, de maneira cruel pelas pessoas que são conservadoras, que não compreendem o jeito de ele ser padre como amigo da humanidade, independente de qual seja a opção de vida ou sexual. Foi surpreendente, e ele deu seu recado", contou o cineasta.

Vale destacar que a produção "Luana Muniz - A Filha da Lua" foi premiada como Melhor Longa do Festival de Gênero e Sexualidade e será exibido no dia 12 no TV Bar, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Comentários