Músicas - Escolha Seu Artista

Carreira e novidades em bate-papo com Digão do Raimundos

24 de janeiro de 2017, 15h13, por Alexandre Murari
Divulgação

Na estrada desde o fim da década de 1980, Raimundos dispensa apresentações. É uma das mais consagradas bandas da história do rock nacional e, para 2017, os integrantes preparam uma novidade de peso: o DVD acústico, que contará com participações de nomes como Ivete Sangalo e Dinho Ouro Preto.

→ Ouça "Um Rio Sempre Beija O Mar", nova faixa do Biquíni Cavadão

Quanto às novidades, trajetória de sucesso, inspirações, cenário musical atual e muito mais, o vocalista Digão, em bate-papo exclusivo com a redação da Kboing, revelou alguns detalhes que você confere logo abaixo:

KBOING: Bom, o DVD acústico foi gravado em novembro e promete trazer o Raimundos de uma forma rara de se ver, que é acústico, correto? O que o público pode esperar desta produção?

Digão: Posso definir que fizemos um "nude" com muita criatividade e confiança Rs! Se despir das tradicionais paredes de guitarras, baixos e bateria foi de uma naturalidade que me impressionou! A produção foi impecável desde a escolha do repertório, arranjos, parcerias e o show.... Pela energia que rolou, temos um dos melhores trabalhos que o Raimundos já fez!

KBOING: Desde a década de 1990 o Raimundos se mantém no cenário do rock nacional. Muita coisa mudou de lá para cá, como vocês enxergam o rock atualmente e qual a ligação dos Raimundos com o público hoje em dia

Digão: A nossa relação é muito pessoal com o nosso público, as redes sociais são um canal direto, um termômetro para o artista. Acredito muito em manter o Raimundos fiel as origens, vivemos tempos em que tenho minhas dúvidas se o Raimundos faria sucesso se aparecesse hoje, mas o rock de um jeito ou de outro estará sempre borbulhando no underground! O que eu vejo é um momento ruim pra música em geral, quem tá fazendo "sucesso" e ganhando "$" tá pagando caro por isso, é uma conta que não se fecha e nociva a arte...

KBOING: Em que e onde vocês buscam inspirações para trabalhar nos sons? Além dos estilos que formam a característica do grupo, vocês buscam influências em outros gêneros musicais?

Digão: Minhas fontes são eternas, a velha escola não erra, tenho confiança no velho e bom Punk Rock, HC, Ska, Forró e tudo mais que compõe o Raimundos! Não precisamos inventar nada mirabolante, não temos que provar nada, só quero me divertir e cantar isso nas canções.

KBOING: Tem algo ainda a ser alcançado como artista – ou como pessoa que vocês não conquistaram?

Digão: O Raimundos é eterno, se manter vivo já é uma grande conquista, acredito que estamos no caminho certo e muita coisa boa vai acontecer!

KBOING: Quanto ao ano de 2016, qual a retrospectiva do Raimundos na música? Quais foram os feitos deste ano?

Digão: A melhor coisa desse ano foi preparar o acústico! De resto, vivemos um momento crítico social e que espero que tome um rumo consciente.

KBOING: E em 2017, o que vem pela frente? O que os ouvintes e amantes do som podem esperar? Agenda de shows, parceria, novidade etc?

Digão: Vamos trabalhar forte com o acústico, esse formato nos permite portas diferentes que não havíamos entrado, queremos rodar bastante, viver novas histórias, dar muitas risadas e continuar sendo felizes!

Comentários