Músicas - Escolha Seu Artista

Assediada por diretor, Sophia Abrahão conta: "cultura machista"

10 de janeiro de 2017, 16h34, por Alexandre Murari
Divulgação

A atriz e cantora Sophia Abrahão esteve no programa "Morning Show", da rádio Jovem Pan, e falou sobre a luta das mulheres pelos direitos iguais. Na entrevista, a cantora revelou que já foi assediada por um diretor e não reclamou por medo de ter sua carreira prejudicada.

→ Valesca é acusada de não pagar ordenados de assessoria

"Na televisão coisas que achamos que é normal e que não deveriam, como ser assediada por diretor, já aconteceu. Aí cai naquela de não poder fazer nada porque tem uma hierarquia. É difícil esse lugar que ocupamos ainda", contou a atriz.

→ Um ano sem David Bowie, veja 5 tributos ao músico

Além de falar sobre esses problemas enfrentados no dia a dia de atriz, Sophia também falou sobre a mulher ser retratada como objeto nas músicas e na mídia em geral. Quanto a isso, ela já havia declarado em seu Facebook o seguinte pensamento:

"É uma cultura machista que está enraizada no mundo há anos. Me surpreendo com letras de música e acho que está na hora de entendermos nosso papel social como artistas e comunicadores. Apesar de eu não ser referência, acho que posso passar uma boa mensagem para os meus fãs. Não foi uma mensagem direcionada para ninguém, foi algo geral mesmo".

Comentários