, 09h32

Entrevista: Sérgio Reis

Fabio Bérgamo
Sérgio Reis lançará um DVD e um CD ao vivo

Há 51 anos na estrada, sua discografia conta com mais de 90 discos. Ele é um dos cantores mais respeitados na música brasileira. Deu vida a muitos personagens na TV e nas rádio-novelas, além de ter apresentado alguns programas na telinha. Estamos falando de Sérgio Reis, o artista que se autodefine como ‘cantor regional’. “Meu estilo é regional. Eu sou um cantor que canta todas as regiões do país”, enfatiza.

Ouvir Ségio Reis no Kboing   
Confira letras de Ségio Reis
    

Quem pensa que Sérgio Reis já realizou todas seus sonhos e aspirações no meio artístico, se engana. Em entrevista ao site Kboing, o ídolo de muitas gerações revela a vontade de atuar no teatro e anuncia o lançamento de um novo álbum para o ano que vêm. Sérgio Reis fala também sobre sua possível candidatura a Deputado Federal por Minas Gerais e seus projetos de regravar seus discos em castelhano. Confira a segui:

Kboing – Em uma entrevista, você disse que não se considera cantor sertanejo. Como você classifica sua música?
Sérgio Reis –
Meu estilo é regional. Eu sou um cantor que canta todas as regiões do país, a música gaúcha, música nordestina, a música sertaneja mesmo...enfim, eu acho que há uma versatilidade no meu repertório. A definição melhor seria regional, porque o sertanejo fica muito ligado naquela coisa da viola e não é por aí.

Kboing – Com 51 anos de carreira e 54 discos. O que você ainda não fez no meio musical que ainda tem vontade de realizar?
Sérgio Reis –
São mais discos viu, esses dias eu estive em Lavras (MG), na casa de um rapaz, o Jurandir, que é meu fã e ele tem um quarto com todos os meus discos na parede, todas as capas de discos, desde o 78 rotações, que eu gravei em 1958. Nós contamos 95 álbuns.
Um sonho é atuar no teatro, porque o teatro é uma coisa ao vivo ali, embora o canto seria um teatro cantado, uma música é uma peça, um poema que você fala, uma história que você conta e canta. Gostaria de aproveitar essa força que a gente tem, que o povo gosta muito da gente e de repente produzir um musical, uma peça falando sobre a terra, sobre os problemas sociais...acho que seria muito interessante.

Kboing – Seu último álbum foi lançado em 2008. Têm planos para outro disco?
Sérgio Reis –
O Renato Teixeira (cantor e compositor) esteve em casa há alguns dias e estamos selecionando o repertório, já estamos assinando com a gravadora Som Livre...e vamos lançar lá para maio, na época do Dia das Mães, vamos lançar um DVD e um CD ao vivo, com a participação dos meus filhos e com os filhos do Renato.

Kboing – Você se filiou ao Partido da República (PR), pelo Estado de Minas Gerais. Pretende dar um tempo na carreira artistica ou conciliá-la com a política?
Sérgio Reis –
Estou filiado ao Partido da República (PR), com ideia, talvez de ser Deputado Federal por Minas, mas pra mim é muito difícil decidir, porque temos muitos compromissos, até mesmo compromissos internacionais também, agora estou com a negócios com a Televisa e com a EMI mexicana para relançar todos os meus discos em castelhano, porque eu falo fluentemente o castelhano e o espanhol...iremos relançar os discos para toda a colônia latina. E outra ideia deles é me colocar em uma novela da Televisa e para isso teria que morar lá, aí você fica pensando o que vai fazer da vida. Ainda não há nada decidido.

Kboing – Você está com um broche de Nossa Senhora no chapéu...você é uma pessoa religiosa?
Sérgio Reis –
Sim, além de ser católico, a Nossa Senhora é a padroeira dos peões, todo peão de rodeio tem uma Nossa Senhora, ou em broche ou em papel, dentro ou fora do chapéu. E eu sou um peão.

Kboing – Por favor, deixe uma mensagem para os fãs do Kboing.
Sérgio Reis –
Você que curte o site Kboing, um carinho do Sérgio Reis.
Obrigada pela sua entrevista, é muito gostoso a gente ter esse espaço para falar sobre as coisas que vêm para o futuro, cria uma expectativa...e a minha ideia e a do Renato é fazer o melhor disco que já foi feito até hoje. O que nós queremos um repertório ultra classificado porque temos que criar coisas novas para vocês, senão fica a mesma mesmice, lança um disco, vai na televisão, canta...e isso que nós não queremos...o objetivo é trazer outras histórias diferentes, cantar com os nossos filhos, uma coisa bonita!
Áudio da mensagem

Da redação, por Tatiana Pires
compartilhe:  comentários
comentários
publicidade
publicidade