ouvir : conectando
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir
  • ajuda


Preguiçosa como toda manhã de segunda feira (deixaa)
Hoje eu levanto e faço teu chá
Mais 5 pro cê cochila no nosso abrigo
Deixo cê volta a dormi se prometer que vai sonhar comigo
Sem percebe vô botando o vinil pra toca
De repente é hora da senhora levanta (vai)
Esfrega os olhos, boceja, reclama,
Da uma risadinha, um abraço, diz que me ama
Resmunga no caminho do banheiro,
Ranzimza, reclama desde o horário até a água do chuveiro

(euu) Rio de alegria enquanto ouço qual vai ser a do teu dia
Se fala do bem que te faz a minha companhia
Tem que ver uma responsa na cidade me liga
Te busco na volta não importa se for tarde
O que nunca é quando se trata disso, amor (então)
Tem problema não,
Sorrindo vô busca minha fulô

A sombra abriga vários triste violento
Pronto pra desconta nos outros a dor de ter crescido ao relento
Eu preocupado falo cuidado
Cê demora 5 minutos meu peito fica apertado
Por isso vô busca, peço pro cê liga
Não vô guenta a falta do teu cheiro no meu ar (nãao!)
Penso na vida sem você não compensa
Duvido que existia vida antes da tua presença
Em cada dia acho uma nova cor no memo amor
Que trouxe minha noção de valor
Onde for lembrar do que viso
Que é ser nada mais que a razão do seu sorriso
Tua ausência tira a bateria do relógio
Minha carência, obvio, da essa dimensão (amor)
(então) O som só aparece se você tá feliz
Por isso todo dia
Vô busca minha fulô

Mais músicas de Emicida


músicas | top novidades | top músicas | top artistas

As mais ouvidas



Denunciar conteúdo inapropriado

aleatório
repetir