Tião Carreiro e Pardinho

Vento Lento (Veneno Lento)

ouvir : conectando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir
  • ajuda
ão quatro horas desta madrugada fria...
Neste tormento, eu não consigo dormir...
A solidão neste quarto é demais...
Desesperado sem destino vou sair...

Provavelmente hoje não volto pra casa...
Quero beber até o dia clarear...
Enquanto ela amanhece em outros braços...
Eu amanheço bebendo de bar em bar...

O... Hoi... Saudade...
Veneno lento que está me torturando...
O... Hoi... Saudade...
Veneno lento que aos poucos vai me matando...

E quando o sol clarear um novo dia...
Pressinto a mágoa que existe em meu rosto...
Amargurado e solitário vou dormir...
Pra dar repouso ao cansaço e ao desgosto...

Isso acontece uma noite atrás da outra...
Não durmo em casa nenhuma noite se quer...
Nem que eu beber toda bebida deste mundo...
Eu não consigo esquecer desta mulher...

O... Hoi... Saudade...
Veneno lento que está me torturando...
O... Hoi... Saudade...
Veneno lento que aos poucos vai me matando...

Album:
Gravadora:
Ano:
Faixa: 7

músicas | letra

Facebook Google Plus

Denunciar conteúdo inapropriado

Notificar erro
Selecione abaixo o tipo de erro da música


código incorreto, tente novamente(trocar imagem)
você deve selecionar uma das três opções antes de enviar 
Minha playlist
Colocar texto bem aqui pro caboclo ficar feliz e voltar pra casa
Minha playlist
Crie um nome para sua playlist nova ou substitua as músicas de uma playlist existente
Dê nome para sua playlist
substitua as músicas da playlist
ou
 
Atualizar Video
Você pode contribuir e corrigir o video desta música
Adicione a url correta do vídeo do YouTube
Ex.: https://www.youtube.com/watch?v=EDwb9jOVRtU
ARTISTA:

MÚSICA: