carregando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir
  • ajuda
Eu não consigo engolir essas verdades calculadas
Essas respostas encaixadas
Que limitam meu saber
O saber de sentir a esperança
De tentar evoluir
Sem enxergar o fim da linha
Mesmo se ela não existir

Por isso cuide com escuro do abismo que alucina
Ele amarga essa mulher e ofusca os sonhos de menina
Que o mundo podre amedronta e bloqueia
Destacando a ganância
E o egoísmo que te anseia o peito
Ah, quem eu devo ser? Ah

E mesmo cega de ilusões dos brilhos artificiais
Os que me induzem desejar colecionar coisas banais
Que me sufocam e me fazem esquecer a minha essência
Ainda escuto e sigo o eco da voz da minha consciência

Por isso cuide com escuro do abismo que alucina
Ele amarga essa mulher e ofusca os sonhos de menina
Que o mundo podre amedronta e bloqueia
Destacando a ganância
E o egoísmo que te anseia

E mesmo cega de ilusões dos brilhos artificiais
Os que me induzem desejar colecionar coisas banais
Que me sufocam e me fazem esquecer a minha essência
Ainda escuto e sigo o eco da voz da minha consciência

músicas | top novidades | top artistas | letra

Mais ouvidas de Jade Baraldo

músicas

Top músicas do Kboing
top músicas

Denunciar conteúdo inapropriado

Facebook
Google Plus
Rádio Kboing FM