Silêncio em mim
Espelhos planos
Saídas falsas, vôo, solidão
Só esperando
Vagando em seu olhar
Tudo é deserto, estranho lugar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Na escuridão
Relembrando planos
Quem se erguerá com o fogo nas mãos?
Adormecido
Eu o vi chegando
Na madrugada o sol vai brilhar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Seus reflexos, luzes constantes
Apontam pra muito distante

Você sabe que não temos tempo
Tempestades, noite eterna adentro Silêncio em mim
Espelhos planos
Saídas falsas, vôo, solidão
Só esperando
Vagando em seu olhar
Tudo é deserto, estranho lugar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Na escuridão
Relembrando planos
Quem se erguerá com o fogo nas mãos?
Adormecido
Eu o vi chegando
Na madrugada o sol vai brilhar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Seus reflexos, luzes constantes
Apontam pra muito distante

Você sabe que não temos tempo
Tempestades, noite eterna adentro
publicidade