carregando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"

Tribo da Periferia

Fumaça do Gênio

  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir
  • ajuda


Poesias de onde eu venho
Me deram o céu e eu me mantenho
No mesmo sonho, que ainda tenho
Depois da humilhação é que se nasce um gênio

Aqui tudo é comércio, e nós é propaganda
No jogo “cê" tem dinheiro, ou você tem fama
Pra ser bom na demanda
Absolve na manha
Na rua você ganha a grana, ou a grana te ganha
Lembrei do moleque no campo cheio de complexo
Virar o gigante do complexo, só dinheiro e sexo
Safári na evoke vinho, olha nós o reflexo
Se parecer sem nexo
É porque somos o inverso
Oportunidades vão embora
E a vida chama como um vício
Muitos vão julgar sua glória
Mas não vão entender
Porque seu começo foi foda

Olha a fumaça do gênio, fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, olha a fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, olha a fumaça do gênio

Lembra o moleque no fundão, não era ninguém
Hoje tão comprando sonhos e pagando bem
De Mercedes-Benz, acumulando bens
Faltando oxigênio, assim nasce um gênio
Tic tac
Se for com medo tem que ter coragem
Tic tac
Então come terra porque eu vim de Marte
Hotline, movido a grana nesse personagem
Que mais uma vez, sem castelo um rei tudo começou

Poesias de onde eu venho
Me deram o céu e eu me mantenho
No mesmo sonho, que ainda tenho
Depois da humilhação é que se nasce um gênio

Olha a fumaça do gênio, fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, olha a fumaça do gênio
Olha a fumaça do gênio, olha a fumaça do gênio

músicas | top novidades | top artistas



Mais ouvidas de Tribo da Periferia

músicas

Top músicas do Kboing
top músicas

Denunciar conteúdo inapropriado

Facebook
Google Plus
Rádio Kboing FM