ouvir : conectando
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir letra
  • ajuda
Oh meu deus que mãe bonita,
Oh meu deus, que filha linda.
Mulheres iguais a elas no mundo,
Não vi ainda.

São beleza diferentes
Que só o poeta revela,
A filha morena clara,
A mãe é cor de canela.

Uma tem os olhos verdes,
A outra os olhos castanho.
Distante vivo sonhando,
Com amores que eu não ganho.

Oh meu deus que mãe bonita,
Oh meu deus, que filha linda.
Mulheres iguais a elas no mundo,
Não vi ainda.

Se eu me casasse com as duas,
Oh meu deus que maravilha,
Vivia num mar de rosas,
Nos braços de mãe e filha.

A lei dos homens não deixa,
E a lei de Deus também.
A dupla paixão me mata,
E culpa as duas não tem.

Oh meu deus que mãe bonita,
Oh meu deus, que filha linda.
Mulheres iguais a elas no mundo,
Não vi ainda.

Para o mar do desengano
Eu rodo num rio de pranto,
A praia da solidão
Eu vou viver num recanto.

Com poucos dias de vida,
Meu sofrimento é tanto.
No adeus da despedida,
Pras duas assim eu canto.

Oh meu deus que mãe bonita,
Oh meu deus, que filha linda.
Mulher iguais a elas no mundo,
Não vi ainda.

Mais músicas de Tião Carreiro e Pardinho

músicas | top novidades | top músicas | top artistas