ouvir : conectando
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir letra
  • ajuda
Assim como as nuvens que vagam no espaço
Como as borboletas vão de flor em flor
Assim você vive de braços em braços
Buscando os carinhos de um novo amor
Quem sabe os detalhes, da sua história
Não crê que estejas na lama caída
Pensava que o mundo lhe desse a glória
E hoje se encontra no inferno da vida.


Lá num edifício em plena avenida
Tem seus aposentos no lugar mais alto
Por traz a seu lado leva essa vida
São as borboletas que vivem no asfalto
Durante a noite sai pelas ruas
Dançar na boate e bebe no bar
Ao findar a noite quando desce a lua
Volta acompanhada pra o maldito lar


Hoje sua vida se cobriu de trevas
Chama por meu nome e sozinha chora
Sentindo remorsos da vida que leva
E sente vergonha do lugar que mora
Eu aqui distante vivo muito bem
Nos braços de outra que muito me quer
E só de vergonha não digo a ninguém,
Que já fui marido daquela mulher.

letras | músicas | top novidades

Você está em:
Borboleta De Asfalto (Tião Carreiro e Pardinho)
Confira todas as músicas e letras de Tião Carreiro e Pardinho